Vitória de Macri é chance para solucionar problemas comerciais com a Argentina, prevê senadora

24/11/2015 - Relações Exteriores


Parlamentar também citou a fala do novo presidente sobre a Venezuela e disse que Brasil não pode continuar omisso no caso

Ana Amélia diz que vitória de Macri é chance para solucionar problemas comerciais com a Argentina


A senadora Ana Amélia (PP-RS) espera que a eleição do oposicionista Maurício Macri, no domingo (22), para presidente da Argentina, seja o início da solução dos dilemas do Mercosul, bloco formado pelo Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela.

Ela afirmou que as transações comerciais entre Brasil e Argentina, nos últimos anos, passaram por problemas que afetaram, principalmente, o lado brasileiro. No caso do Rio Grande do Sul, barreiras tarifárias e não-tarifárias prejudicaram empresários gaúchos ligados aos setores de móveis, calçados e chocolates, explicou a senadora.

Ana Amélia ainda lembrou que a predominância de produtos chineses na Argentina, em detrimento dos brasileiros, foi outro fator que prejudicou as exportações do Rio Grande do Sul ao país vizinho.

Esse cenário desfavorável aos gaúchos fica evidente quando se analisam os números relacionados ao comércio entre os dois países, como fez a senadora.

— As exportações industriais gaúchas, por exemplo, caíram 19,6% em outubro em relação ao mesmo período do ano passado, somando US$ 1,14 bilhão, ou seja, 74,4% de tudo o que o Rio Grande do Sul embarcou [anteriormente], impactando nas vendas para a Argentina, segundo principal comprador dos produtos do meu estado. Esse é o nível mais baixo para o mês de outubro, desde 2006, como mostrou um levantamento elaborado pela federação das indústrias do Rio Grande do Sul — afirmou.

Venezuela

Ana Amélia ainda saudou iniciativas anunciadas pelo presidente eleito da Argentina, Maurício Macri, que prometeu pedir a suspensão da Venezuela do Mercosul e se aproximar da Aliança do Pacífico, bloco criado recentemente que envolve os Estados Unidos e outros 12 países.

Ana Amélia alertou que a omissão do Brasil em relação a esses assuntos pode colocar em risco a liderança e o protagonismo do País no continente.

Enfraquecimento do bolivarianismo

A vitória da oposição na Argentina, na avaliação da senadora gaúcha, também mostra que pode estar ocorrendo o enfraquecimento do bolivarianismo na América Latina. Ana Amélia disse que ficou evidente que a sociedade argentina quer mudar os rumos, com uma nova maneira de governo. Ressaltou que as vozes e as insatisfações são muito parecidas com as percebidas em vários países do continente, inclusive no Brasil.

— As políticas permeadas por corrupção e monólogos, sem ouvidos aos demais, têm perdido espaço no continente, e muitos sul-americanos estão cansados de recessão, inflação alta, economia estagnada e déficit nas contas públicas — disse.

Ana Amélia diz que vitória de Macri é chance para solucionar problemas comerciais com a Argentina



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia comenta vitória do oposicionista Mauricio Macri na Argentina


Mais notícias:

6 de abr
Acordo internacional sobre o Aquífero Guarani avança no Senado Federal
A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou, nesta quinta-feira (6), o Acordo sobre o Aquífero Guarani, firmado entre o Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai em 2010. Para entrar em vigor, o texto precisa ser ratificado pelos parlamentos dos quatro países. A próxima…

31 de mar
Governadores da Argentina e do Sul do Brasil realizam encontro em Porto Alegre
Governadores brasileiros e argentinos assinaram, nesta sexta-feira (31) a Carta de Porto Alegre, com estratégias definidas para ampliar o desenvolvimento social, econômico e comercial entre os dois países, intensificando o processo de integração regional. A abertura da Reunião…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail