TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado

16/08/2017 - Geral


Memorial havia sido solicitado pelo ministro Gilmar Mendes em audiência com a senadora Ana Amélia

TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, comunicou à senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (16), que foi concluído memorial detalhando como o rezoneamento previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prejudicará os eleitores gaúchos com a extinção de quase 30 zonas eleitorais. 

O documento foi entregue ao presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, que havia solicitado esse estudo à senadora e ao presidente da Famurs, prefeito Salmo Dias, na semana anterior, quando ocorreu reunião para tratar do tema. Marchionatti aproveitou o encontro com a parlamentar no Senado para agradecer o empenho de seu gabinete nesta demanda.

No Rio Grande do Sul, são 8.326.465 eleitores para 173 zonas eleitorais compostas por 497 municípios. Em 2009, o TRE promoveu rezoneamento com a transferência de zonas eleitorais. O Estado é o terceiro em número de municípios no País, o quinto no número do eleitorado.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

12 de jan
Lei que prevê ‘critério de simplicidade’ em ações criminais é sancionada
Foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (10)  a Lei 13.603/2018 , que prevê o critério da simplicidade como orientador em ações de natureza criminal. A simplicidade pressupõe que os processos devem reunir materiais…

22/12/2017

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail