SUS deve dar à fibromialgia tratamento de doença crônica, defende Ana Amélia

17/08/2016 - Saúde


SUS deve dar à fibromialgia tratamento de doença crônica, defende Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu a inclusão da fibromialgia, síndrome que provoca fortes dores por todo o corpo, entre as doenças crônicas reconhecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ela explicou que a medida é necessária para assegurar tratamento adequado na rede pública de saúde à fibromialgia, que atinge cerca de 5 milhões de brasileiros. Tal tratamento, acrescentou Ana Amélia em pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (17), deve incluir tanto medicamentos, como analgésicos e relaxantes musculares, quanto atividades físicas, como RPG e fisioterapia.

A fibromialgia, segundo a senadora, afeta principalmente a população feminina. Para cada 20 casos registrados em mulheres, há apenas um em homens.

O tema foi discutido em audiência pública realizada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), na manhã desta quarta-feira, a pedido de Ana Amélia. Participaram do debate representantes da Sociedade Brasileira dos Estudos da Dor, da Associação Brasileira dos Fibromiálgicos e do Ministério da Saúde.

A senadora ressaltou que os fibromiálgicos, além de sentirem fortes dores, também sofrem com o preconceito em relação à síndrome, que é pouco compreendida até mesmo por grande parte dos médicos.

- Não há um sintoma claro, há uma dor violenta. Tão violenta que lá em Santa Catarina, hoje, entre as mensagens que eu recebi, havia a manifestação: "Tem horas que eu não suporto e as pessoas não entendem. Há um preconceito: 'Tá fazendo fita, é maluco, tá doido!’". Quer dizer, é a segunda dor que a pessoa sofre, que é a dor emocional, porque a física a pessoa já está sofrendo - afirmou Ana Amélia.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

14 de dez
Aprovada validade nacional para receitas de medicamentos
O projeto que dá validade nacional às receitas médicas e odontológicas de medicamentos foi aprovado em definitivo pelo Congresso Nacional no último dia 6. A iniciativa passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados e agora segue para sanção presidencial. A senadora Ana…

13 de dez
Senado aprova regulamentação da profissão de esteticista
O Senado aprovou nesta quarta-feira (13) a proposta que regulamenta a profissão de esteticista, dividida em estetacosmetólogo, com nível superior, e o técnico em estética. A regulamentação foi aprovada na forma de substitutivo ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 77/2016, que, após votação em turno…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail