Sessão solene do Congresso Nacional destaca o cooperativismo brasileiro

29/07/2015 - Economia


Vice-presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo, senadora Ana Amélia (PP-RS) é uma das autoras da homenagem

Sessão solene do Congresso Nacional destaca o cooperativismo brasileiro

Os 45 anos da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e o Dia Internacional do Cooperativismo serão homenageados em sessão solene do Congresso Nacional, na próxima terça-feira (4), às 10h. A iniciativa é do presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), e da vice-presidente da Frente, senadora Ana Amélia (PP-RS).

A parlamentar gaúcha tem sido grande defensora do setor durante o mandato, destacando o papel do sistema cooperativista na distribuição de renda e na qualidade de vida dos associados. A senadora é autora do PLS 40/2011, para autorizar o acesso dos bancos cooperativos aos recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para fins de concessão de crédito rural. A iniciativa já foi aprovada no Senado e atualmente tramita na Câmara dos Deputados, com o número PL 3.067/2011.

A parlamentar gaúcha também é autora do projeto (PLS 280/2014), para permitir a captação de recursos pelas cooperativas de crédito com os municípios, seus órgãos ou entidades e as empresas por eles controladas. O projeto atualmente está em análise pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

— Cooperativa é gestão democrática, inclusão social, sustentabilidade e solidariedade. Os cooperativados contribuem, decisivamente, para o desenvolvimento de nosso país — destacou a senadora no dia 4 de julho, quando ocorreu o Dia Internacional do Cooperativismo deste ano.

Nos últimos anos, o cooperativismo tem firmado sua participação e posição de destaque na economia do Brasil e na construção de uma sociedade mais justa com indicadores representativos. Hoje, o Sistema OCB representa mais de 6,8 mil cooperativas em todo o Brasil, divididas em 13 ramos de atuação, com mais de 11,5 milhões de associados e em torno de 340 mil empregos diretos. O número de cooperados mais que dobrou na última década – em 2002, eram 5,2 milhões de brasileiros agrupados em cooperativas.

Para o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas (na foto com a senadora), é necessário fazer com que o poder público compreenda melhor o funcionamento das cooperativas, consolidando ações efetivas para fortalecer o movimento.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

19/12/2018
Aprovado projeto que estabelece critérios de tributação para combater concorrência desleal e sonegação
A Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) aprovou, nesta quarta-feira (19), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 284/2017-complementar que estabelece critérios especiais de tributação, com o objetivo de prevenir desequilíbrios…

12/12/2018
Ministro do STF confirma manterá suspensão da dívida do RS
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) acompanhou, nesta quarta-feira (12), o governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, em audiência com o ministro do STF Marco Aurélio Mello. No encontro para tratar sobre as dívidas do Estado com a União,…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail