Sescon-RS renova apoio ao projeto da senadora que corrige a tabela do imposto de renda

15 de mai - Economia


Ana Amélia e presidente do Sescon-RS, além de presidentes de entidades, abordaram o tema em evento em Porto Alegre

Debate promovido pelo Sescon-RS reforça necessidade de aprovar projeto da senadora para corrigir tabela do Imposto de Renda

A correção da tabela do imposto de renda e o projeto da senadora Ana Amélia (PP-RS) com esse objetivo foram temas do evento promovido na manhã desta segunda-feira (15) pelo Sescon-RS, em Porto Alegre. Além da parlamentar, o presidente da entidade, Diogo Chamun, falaram sobre a necessidade dessa medida.

A defasagem atual da tabela do imposto de renda é de 83%, atingindo toda a sociedade, especialmente os trabalhadores mais pobres. Para reverter essa situação, destacou a senadora Ana Amélia, é necessária a mobilização de toda a sociedade.

- O êxito de uma iniciativa parlamentar vai ser alcançado à medida que tiver o apoio de entidades representativas, como está o Sescon-RS fazendo em relação ao meu projeto para correção da tabela do Imposto de Renda – disse a senadora.

O presidente do Sescon-RS citou dados de um estudo feito pela entidade em conjunto com a PUC-RS, que reforçam a importância de mudar o panorama atual. A falta de correção da tabela retira de circulação em torno de R$ 38 bilhões/ano, o PIB deixa de crescer 0,20% no mesmo período e mais de 240 mil empregos deixam de ser criados.

Lideranças como a presidente da Federasul, Simone Leite, o presidente da Fenacon, Mario Berti, o presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Antonio Palácios, o diretor do Sindifisco Nacional, Luis Augusto Mesquita, o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, os vereadores de Porto Alegre, João Carlos Nedel e Cassiá, e o presidente do PP/RS, Celso Bernardi, participaram do evento.

Debate promovido pelo Sescon-RS reforça necessidade de aprovar projeto da senadora para corrigir tabela do Imposto de Renda



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

25 de mai
Artigo no jornal NH:
Em artigo publicado no Jornal NH, de Novo Hamburgo, nesta quinta-feira (25), a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu que o governo reveja medidas que oneram setores importantes da economia brasileira. "O Brasil com 14 milhões de desempregados não dá direito ao governo para aumentar esse…

Senado aprova MP que permite saque das contas inativas do FGTS
O Plenário do Senado aprovou, nesta quinta-feira (25), a Medida Provisória 763/2016, que permite o saque dos recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) sem a carência de três anos exigida pela lei.A senadora…

23 de mai
Irresponsabilidade da oposição penalizará 15 milhões de trabalhadores, alerta Ana Amélia
A promessa de líderes da oposição de que irão obstruir todas votações em protesto contra o governo penalizará 15 milhões de trabalhadores que ainda não efetuaram o saque das suas contas inativas do FGTS, alertou a senadora Ana Amélia (PP-RS)…

Governo vai analisar impactos da desoneração da folha no setor coureiro-calçadista
Em audiência, nesta terça-feira (23), o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, solicitou ao presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, estudo sobre o impacto da desoneração da folha de pagamento no setor coureiro-calçadista. A…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail