Senadora pede prioridade de embaixador para derrubar embargos da UE à carne de frango e ao pescado

17 de mai - Relações Exteriores


Em sabatina de embaixador, senadora solicita atenção contra protecionismo da UE

Embargo ao frango e pescados do Brasil impacta gravemente Rio Grande do Sul, diz Ana Amélia

Na sabatina do embaixador indicado para chefiar a missão do Brasil junto à União Europeia, Marcos Galvão, nesta quinta-feira (17), na Comissão de Relações Exteriores do Senado, a senadora Ana Amélia pediu atenção e apoio prioritário para derrubar os embargos da União Europeia à carne de frango e ao pescado brasileiro, além do embargo da Rússia à carne suína. Os embargos "impactam gravemente" a economia do Rio Grande do Sul. 

— Isso para a indústria, para o setor, para os trabalhadores é muito grave. E a de frangos também da mesma forma, porque ela pega não só a indústria exportadora, mas ela pega o produtor, o criador que é integrado à agroindústria. É um problema social gravíssimo
— questionou a parlamentar. 

Segundo a parlamentar, no caso dos pescados, especialmente de atum, peixe mais consumido nas importações europeias, as vendas do ano passado foram de US$ 5 milhões e, nos três primeiros anos, depois do embargo, as exportações foram zeradas. O embaixador foi aprovado pela comissão para chefiar a missão do Brasil junto à União Europeia, em Bruxelas. A indicação do diplomata ainda precisa ser aprovada pelo plenário do Senado Federal.

O embaixador disse considerar os embargos excessivos e adiantou que o governo está agindo para revertê-las. Caso contrário, resultarão em grave prejuízo social e econômico a esses setores e a milhares de trabalhadores.

Durante a fase de perguntas aos embaixadores sabatinados, Ana Amélia reforçou a descrença para a conclusão de um acordo entre União Europeia e Mercosul até o fim deste ano. O diplomata Paulo Cordeiro Pinto também foi aprovado, durante sabatina, para exercer cargo de embaixador no Líbano. Na ocasião, Senadora lembrou também a representatividade da comunidade libanesa no Brasil e a ação militar brasileira na área de Segurança, na fronteira do Líbano com Israel da Força de Paz das Nações Unidas (Unifil).

Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

17 de out
Senado aprova acordo internacional para cooperação contra o crime organizado no Mercosul
Os senadores aprovaram nesta quarta-feira (17) o projeto de decreto legislativo (PDS 104/2018), de relatoria da senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), que confirma o texto do acordo de cooperação entre os países membros e associados do Mercosul para a criação de equipes…

8 de ago
Senado aprova acordos internacionais sobre presos
O Senado aprovou nesta quarta-feira (8) três tratados sobre prisão, entrega e transferência de presos. Um dos acordos foi firmado por países membros do Mercosul e determina procedimentos de prisão e entrega de pessoas procuradas por crimes, tanto para que sejam processadas, quanto para a execução da pena.…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail