Senadora participa da abertura do 43º Festival de Cinema de Gramado

07/08/2015 - Geral


Ana Amélia destacou a necessidade de ações legislativas para garantir recursos ao setor cultural

Senadora participa da abertura do 43º Festival de Cinema de Gramado

Embalados por trilhas sonoras famosas do cinema internacional – como os temas dos filmes Pantera Cor de Rosa, Indiana Jones e 007 –, executadas ao vivo pela Orquestra Sinfônica de Gramado, autoridades participaram da abertura do 43º Festival de Cinema de Gramado, nesta sexta-feira (7).

A senadora Ana Amélia (PP-RS) enfatizou que o Festival é um dos principais eventos culturais do país e recordou sua breve carreira de atriz, ainda na juventude, no filme “Não Aperta Aparício”. A parlamentar gaúcha ressaltou que trabalhará pela reforma da Lei Rouanet, dos direitos autorais e pela PEC 150, para garantir recursos à cultura brasileira.

– São reivindicações do setor cultural que certamente ajudarão a impulsionar a economia criativa em nosso país – afirmou Ana Amélia.

O presidente da empresa pública de eventos do município, a Gramadotur, João Pedro Till, utilizou a figura do Kikito – marca registrada da cidade – para ilustrar o caráter do festival. O primeiro, entregue em 1973, era de madeira, ao passo que nos dias atuais o troféu é confeccionado em bronze.

– Ele significa a resistência e a confiança do Festival de Cinema de Gramado, com o qual reiteramos nosso compromisso – assinalou.

Já o secretário nacional do Audiovisual, Pola Ribeiro – que representou o ministro da Cultura, Juca Ferreira, na cerimônia – recordou que ao longo de sua trajetória, o evento auxiliou a consolidar uma imagem da cinematografia nacional.

– O cinema brasileiro tem um problema de comunicação no seu DNA e o festival de Gramado permitiu que o público se veja e se entenda através dos filmes que passaram ao longo de tantos anos aqui na Serra Gaúcha – elogiou.

Sobre a permanência do festival, ele foi explícito:

– Aos 43 anos, Gramado não dá sinais de desgaste. Pelo contrário, se reinventa a partir da inserção de produções latino-americanas e dá um passo importante na construção de uma verdadeira integração entre os países do nosso continente.

Comandante maior das políticas voltadas à difusão da arte no Rio Grande do Sul, o secretário de estadual da Cultura, Victor Hugo, destacou o festival como uma importante alavanca de desenvolvimento.

– No governo, temos uma missão de impulsionar iniciativas da chamada economia da cultura, como é o caso desta festa que tanta alegria nos dá – pontuou.

Foi também esse o ponto lembrado pelo prefeito de Gramado, Nestor Tissot, que acrescentou ainda a dimensão social do evento.

– O Educavídeo é a centelha vitoriosa que garante a continuidade deste festival celebrou.

O Festival

O 43º Festival de Cinema de Gramado é uma realização do Ministério da Cultura e da Gramadotur e uma promoção da Prefeitura Municipal de Gramado. Tem patrocínio da Oi, BNDES, Stella Artois e Petrobras, e copatrocínio do Banrisul. Apoio especial: DUOCASA. Apoio: Oi Futuro, Nikon, Caracol Chocolates, Snowland, Cristais de Gramado, PRAT-K, Stemac, CiaRio, O2 PÓS, Canal Brasil, TVCOM, RBSTV, Revista de Cinema, TVE, Hotel Serra Azul e Unimed. Apoio institucional: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, ACCIRS, APTC, Fundacine, IECINE, SIAV E Corsan. Transportadora oficial: Avianca. Agência oficial: Vento Sul. Agente Cultural: AM Produções. Promoção: Prefeitura de Gramado. Financiamento do Pró-Cultura RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Realização: Gramadotur, Ministério da Cultura, Governo Federal, Brasil Pátria Educadora.

Com informações da assessoria do 43º Festival de Cinema de Gramado


Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

16 de out
Ana Amélia defende transparência na votação do afastamento de senador
A senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que não pode usar uma “régua moral diferente” para votar casos envolvendo parlamentares. Por isso, ela defende votação aberta no Plenário na decisão sobre o afastamento do senador Aécio Neves.Segundo a senadora, todas as votações devem ser…

13 de out
Ana Amélia defende voto aberto na sessão que decidirá sobre afastamento de senador
Após notícias veiculadas na imprensa de que haveria articulação por uma votação secreta para deliberar sobre as medidas cautelares e o afastamento imposto ao senador Aécio Neves, na sessão marcada para a próxima terça-feira (17), a…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail