Senadora entrega prêmio Roberto Marinho de Mérito Jornalístico a Gerson Camarotti

29/10/2015 - Geral


Durante cerimônia, que também homenageou Berenice Seara e José Diógenes Menezes Brayner, Ana Amélia destacou que jornalistas sempre querem acertar

Senadora entrega prêmio Roberto Marinho de Mérito Jornalístico a Gerson Camarotti

Vice-presidente do conselho incumbido da primeira edição do Prêmio Jornalista Roberto Marinho de Mérito Jornalístico, a senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que todo jornalista, errando ou acertando, sempre quer fazer o melhor. Ela lembrou que, assim como ocupa agora uma cadeira de senadora, esteve do outro lado como jornalista, entrevistando vários dos que ocupam o Plenário em momentos dramáticos da vida nacional.

— Eu sinto que o jornalismo ajudou-me muito a conhecer melhor, a respeitar e a ter uma relação com o poder de maneira absolutamente equilibrada e respeitosa — disse Ana Amélia.

A senadora gaúcha fez a entrega do prêmio ao jornalista Gerson Camarotti, da Globonews, e se disse honrada com o papel ali desempenhado.

— Gerson, você é da minha escola, critica sem ferir, analisa sem desqualificar, avalia os fatos como eles são, e tendo a responsabilidade em, com a suavidade da sua juventude, descrever o que está acontecendo nessa hora dura dramática de Brasília, de forma que todas as pessoas que lhe vêem não se sentem piores nem melhores, sentem-se com a reflexão que um jornalista com muita responsabilidade faz.

Ana Amélia também homenageou Berenice Seara, colunista do jornal “Extra”; e José Diógenes Menezes Brayner, do jornal “Correio de Sergipe”, por suas qualidades profissionais, pedindo que continuem brindando o público com suas matérias. E celebrou o fato de que, entre os dois homens homenageados, havia uma mulher.

Senadora entrega prêmio Roberto Marinho de Mérito Jornalístico a Gerson Camarotti

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

12 de jan
Lei que prevê ‘critério de simplicidade’ em ações criminais é sancionada
Foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (10)  a Lei 13.603/2018 , que prevê o critério da simplicidade como orientador em ações de natureza criminal. A simplicidade pressupõe que os processos devem reunir materiais…

22/12/2017

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail