Senadora critica decisão da ANS que restringe acesso a remédio contra câncer

15/07/2015 - Geral


Agência pretende retirar medicamentos da lista obrigatória dos planos de saúde

Ana Amélia critica decisão da ANS que restringe acesso a remédio contra câncer

A senadora Ana Amélia (PP-RS) protestou contra a decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que excluiu da cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde um medicamento quimioterápico oral usado no câncer de mama e de fígado.

Ana Amélia declarou que a presidente precisa pedir a reavaliação da decisão da ANS. Com base em reportagem do jornal O Globo, a senadora destacou que a agência está revisando a lista obrigatória de medicamentos a a ser oferecida pelos planos de saúde, o que aumentará a judicialização da medicina.

— Será que os membros que decidiram isso nunca pensaram que poderão ser acometidos dessa doença também e vão precisar desse medicamento? Será que não há princípio de humanidade numa decisão dessa natureza?

A consulta pública que a ANS promove até 18 de agosto para avaliar as tecnologias que serão incluídas e excluídas poderá fazer com que a lista de tratamentos e medicamentos do SUS seja usada como um dos principais critérios para definir o que os planos devem oferecer a seus clientes.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

20 de out
Ranking que avalia desempenho dos 594 parlamentares do Congresso é liderado pela senadora Ana Amélia
Um dia depois de ser apontada como a melhor senadora de 2017, na escolha do júri, no prêmio Congresso em Foco, a senadora Ana Amélia assumiu a liderança do Ranking dos Políticos, na parcial divulgada nesta semana. …

19 de out
Ana Amélia é escolhida melhor senadora de 2017 no prêmio Congresso em Foco
A parlamentar gaúcha Ana Amélia (PP-RS) foi escolhida como a melhor senadora de 2017 na 10ª edição do tradicional prêmio Congresso em Foco, em cerimônia realizada nesta quinta-feira (19), em Brasília. A escolha foi feita por um júri formado por…

Comando militar agradece apoio de parlamentares pela aprovação de projeto
Os comandantes do Exército, General Eduardo Villas Bôas, da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante Ademir Sobrinho, e o comandante interino da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa agradeceram, em almoço, nesta…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail