Senadora critica decisão da ANS que restringe acesso a remédio contra câncer

15/07/2015 - Geral


Agência pretende retirar medicamentos da lista obrigatória dos planos de saúde

Ana Amélia critica decisão da ANS que restringe acesso a remédio contra câncer

A senadora Ana Amélia (PP-RS) protestou contra a decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que excluiu da cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde um medicamento quimioterápico oral usado no câncer de mama e de fígado.

Ana Amélia declarou que a presidente precisa pedir a reavaliação da decisão da ANS. Com base em reportagem do jornal O Globo, a senadora destacou que a agência está revisando a lista obrigatória de medicamentos a a ser oferecida pelos planos de saúde, o que aumentará a judicialização da medicina.

— Será que os membros que decidiram isso nunca pensaram que poderão ser acometidos dessa doença também e vão precisar desse medicamento? Será que não há princípio de humanidade numa decisão dessa natureza?

A consulta pública que a ANS promove até 18 de agosto para avaliar as tecnologias que serão incluídas e excluídas poderá fazer com que a lista de tratamentos e medicamentos do SUS seja usada como um dos principais critérios para definir o que os planos devem oferecer a seus clientes.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

Hoje
Bancada gaúcha lança frente parlamentar pela construção do Hospital do Câncer
Os 34 parlamentares gaúchos no Congresso Nacional se uniram pela construção do Hospital do Câncer no Grupo Hospitalar Conceição (GHC). A bancada gaúcha lançou, nesta quarta-feira (28), Frente Parlamentar em Prol da Construção do Hospital do Câncer GHC. O…

Comissão mista aprova relatório da MP 774. Destaques serão votados na semana que vem
A comissão mista que analisa a MP 774 aprovou hoje, no Senado, o relatório do senador Airton Sandoval (PMDB-SP), mantendo a desoneração de setores importantes para a economia como o coureiro-calçadista, têxtil e de Tecnologia…

27 de jun
“Não podemos admitir ameaças e incitação à violência”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o discurso de petistas e nota oficial do partido que defendeu o Luís Inácio Lula da Silva fazendo ameaças e incitando a violência. De acordo com a parlamentar gaúcha, o ex-presidente recebe tratamento deum “ ídolo…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail