Senadora cobra que governo cumpra promessa de reduzir o IPI do vinho

22/02/2016 - Agricultura


Ana Amélia enfatizou que, na abertura da Festa da Uva, ministro prometeu decreto, mas não determinou prazo

Senadora cobra que governo cumpra promessa de reduzir o IPI do vinho

Na tribuna do Senado, nesta segunda-feira (22), a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou que o governo cumpra a promessa de reduzir o IPI do vinho. Na última semana, o ministro Miguel Rossetto representou a presidente Dilma Rousseff na abertura da Festa da Uva, em Caxias do Sul, onde prometeu que a tributação será reduzida.

— O ministro Miguel Rossetto garantiu que o governo está preparando um decreto, só não disse quando esse decreto vai estar pronto para ser emitido pela Presidência da República — enfatizou a senadora.

Ana Amélia lembrou que a Medida Provisória que aumentava a IPI de diversos produtos, inclusive o vinho, foi aprovada no Congresso com alterações. Em relação ao setor vitivinícola, a tributação prevista inicialmente na MP era de 10%, mas a cobrança do setor, que emprega milhares de produtores, foi decisiva para convencer os parlamentares a diminuir o acréscimo, com cobrança de 6% este ano e de 5% em 2017.

Essas taxas, no entanto, foram vetadas pela presidente, mantendo a cobrança em 10%. Representantes do setor de uva e vinho trabalhavam nas últimas semanas para que o veto fosse derrubado. Com a promessa de Miguel Rossetto, agora o trabalho é para que o governo agilize o decreto determinando IPI de 6% este ano e de 5% em 2017.

A parlamentar gaúcha ressaltou que o setor vitivinícola vive momento delicado, especialmente no Rio Grande do Sul, onde o clima provocou grande redução na safra deste ano. No dia 3 de março, a Câmara Setorial da Uva e do Vinho estará reunida em Brasília para avaliar a dimensão dos estragos, estimados em mais de 50%.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Senadora cobra cumprimento do acordo que evita aumento abusivo do IPI para o vinho


Mais notícias:

Hoje
Censo Agropecuário 2017 é lançado no Rio Grande do Sul
O Censo Agropecuário 2017 do Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística (IBGE) foi lançado no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (23), em evento na Emater/RS-Ascar. Em todo o Brasil, 26 mil profissionais visitarão 5,3 milhões de propriedades rurais, sendo 425 mil no…

13 de jun
CAE pode votar projeto que facilita a renegociação do crédito rural
A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) deverá votar nas próximas semanas matéria que institui um procedimento menos burocrático para a renegociação do crédito rural. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 354/2014, que estabelece regras para que agricultores inadimplentes possam renegociar suas…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail