Senado promove debate sobre câncer de mama e de colo do útero

26/10/2015 - Saúde


Senadoras Ana Amélia e Ângela Portela são autoras do requerimento para audiência nesta quarta-feira na CAS

Senado promove debate sobre câncer de mama e de colo do útero

Estratégias eficazes de prevenção e controle do câncer de mama e do câncer de colo do útero serão discutidas na quarta-feira (28), em audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O encontro, promovido por iniciativa das senadoras Ângela Portela (PT-RR) e Ana Amélia (PP-RS), reforça a campanha Outubro Rosa, pela conscientização dos riscos do câncer de mama em todo o país.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres. 

Foram convidados para o debate o ministro da Saúde, Marcelo Castro, e o diretor-geral do Inca, Paulo Eduardo Xavier de Mendonça. Também deverão participar o diretor do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde  (DataSus), Giliate Cardoso Coelho Neto; o presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, Ruffo de Freitas Júnior; e a presidente do Instituto Oncoguia, Luciana Holtz.

O Inca estima que serão registrados 58 mil novos casos de câncer de mama no país em 2015. Mas, se for diagnosticada e tratada no momento certo, a doença apresenta grandes chances de cura. No Brasil, entretanto, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas porque o diagnóstico é feito em estágios avançados. Já o câncer do colo do útero, segundo o DataSus, é o quarto tipo mais comum entre as mulheres brasileiras.

Como prevenção, o Inca recomenda que se evite a obesidade, a ingestão de álcool e a exposição a radiações ionizantes em idade inferior aos 35 anos. O instituto alerta ainda para o fato de o autoexame de seios não ser eficiente para a detecção precoce e não substituir o exame físico realizado por profissional de saúde.

A audiência da CAS está marcada para as 9h, na sala 9 da Ala Alexandre Costa.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

12 de nov
Sancionada lei que garante validade nacional para receitas de remédios controlados
As receitas de medicamentos controlados ou manipulados terão validade por todo o país. É o que estipula a Lei 13.732, de 2018, sancionada pelo presidente da República e publicada nesta no Diário Oficial da União.A nova lei tem origem…

6 de nov
Especialistas defendem testes genéticos para tratamento do câncer no SU
Médicos, pacientes e representantes da sociedade civil defenderam nesta terça-feira (6) o uso de testes genéticos para o diagnóstico e o tratamento de câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Eles participaram de audiência pública da Comissão…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail