Seminário reúne empresários e parlamentares do Brasil e da Argentina em São Paulo

11 de set - Relações Exteriores


Representando a CRE, Ana Amélia destacou trabalho dos embaixadores no processo de integração bilateral

Seminário reúne empresários e parlamentares do Brasil e da Argentina em São Paulo

A senadora Ana Amélia (PP-RS) representou a Comissão de Relações Exteriores do Senado, nesta segunda-feira (11), no 1º  Seminário Internacional, que reuniu empresários, governos e parlamentares do Brasil e Argentina para discutir mecanismos mais eficientes no processo de integração bilateral. 

O comércio entre os dois países, em 2016, superou os US$ 22,5 bilhões, a maior parte de produtos manufaturados. Ao falar, em nome do Senado, Ana Amélia destacou o esforço que os embaixadores do Brasil, em Buenos Aires, Sergio Danese, e da Argentina, em Brasília, Carlos Magariños, no processo de integração. 

- Um dos maiores obstáculos continua sendo a burocracia que atrapalha não apenas a convivência na fronteira, mas também os negócios da iniciativa privada - ressaltou. 

 Na mensagem da vice-presidente argentina, Gabriela Michetti, foi destacado que o mundo espera que Brasil e Argentina se unam para vender seus produtos nos mercados asiáticos, europeus ou norte-americanos. Ana Amélia disse ainda que os desafios da integração incluem áreas estratégicas, como infraestrutura, defesa sanitária,metrologia, saúde, ciência, tecnologia e educação. O prefeito João Doria fez o discurso de encerramento, destacando o plano de privatização adotado na sua gestão na prefeitura de São Paulo.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

15 de dez
Ana Amélia cumpre missão oficial a convite do governo japonês
Uma comitiva de sete parlamentares brasileiros visitou o Japão, de 9 a 16 de dezembro, com o intuito de aprofundar as relações com o país asiático e estabelecer um intercâmbio de informações com o alto escalão do governo japonês. A senadora Ana Amélia…

29 de nov
Brasil e Argentina defendem 'harmonia' para barreiras comerciais
As agências de vigilância sanitária do Brasil e da Argentina devem revisar de forma conjunta e harmônica as barreiras não tarifárias que dificultam o comércio entre os dois países. A opinião é de senadores, deputados e especialistas que participaram nesta quarta-feira…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail