Rodrigo Janot afirma que foi identificado responsável por vazamento das investigações sobre desvios no Pronaf no Rio Grande do Sul

26/08/2015 - Agricultura


Declaração do Procurador-Geral da República ocorreu em resposta a questão da senadora Ana Amélia, durante a sabatina do Senado nesta quarta-feira

Rodrigo Janot afirma que foi identificado responsável por vazamento das investigações sobre desvios no Pronaf no Rio Grande do Sul

O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nesta quarta-feira (26) que já foi identificado o responsável pelo vazamento das investigações sobre desvios de recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), no Rio Grande do Sul. A declaração de Janot ocorreu após questionamento da senadora Ana Amélia (PP-RS), durante a sabatina para recondução ao cargo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

A parlamentar gaúcha destacou a investigação conduzida pela Procuradoria-Geral da República e pela Polícia Federal em relação aos supostos desvios na concessão de financiamentos do Pronaf em Santa Cruz do Sul e Sinimbu, no Vale do Rio Pardo. Milhares de agricultores teriam sido prejudicados em um esquema que teria movimentado milhões de reais.

Ana Amélia enfatizou que as informações repassadas para a imprensa acabaram prejudicando as investigações, pois uma das pessoas citadas tinha foro privilegiado. Em seguida, a senadora perguntou a Janot se havia o reconhecimento do vazamento e qual a atitude da Procuradoria-Geral da República nesses casos.

— Em relação ao Rio Grande do Sul, foi instaurado inquérito que ainda corre sob sigilo, mas já temos identificada a pessoa que violou o sigilo profissional — declarou Janot, em referência às investigações em Santa Cruz do Sul e Sinimbu.

O Procurador-Geral da República ainda abordou de forma genérica os vazamentos, ressaltando que eles podem acontecer por diversos motivos. Entre eles, apontou casos em que os vazamentos são feitos com interesse de atacar a pessoa investigada e, em outros, para prejudicar a própria investigação. Por isso, destacou Janot, há necessidade de apurar quem são os responsáveis por divulgar essas informações de forma indevida.

Indiciamento

Na última semana, a Polícia Federal indiciou 14 pessoas no inquérito criminal que investiga as fraudes em financiamentos do Pronaf em Santa Cruz do Sul e Sinimbu. As investigações apontaram que os recursos desses empréstimos eram desviados por lideranças de uma associação de produtores rurais e teriam inclusive abastecido campanhas eleitorais.


Fonte: Assessoria de Imprensa


Janot confirma identificação de responsável por vazamento de investigação por desvio no Pronaf do Rio Grande do Sul


Mais notícias:

12/12/2017
Projeto da Maurício de Sousa Produções, Senar e CGU irá valorizar produção de alimentos
Conhecida de todo o Brasil, a Turma da Mônica, irá conscientizar a criançada, desde cedo sobre a importância da produção de alimentos. Nesta terça-feira (12), o chefe de gabinete da senadora Ana Amélia, Marco Aurélio Ferreira, recebeu o diretor…

05/12/2017
Inovação na Sustentabilidade Ambiental será tema de audiência do Senado na Expodireto
A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado Federal estará em Não-Me-Toque, em 9 de março de 2018, para realizar audiência pública durante a Expodireto/Cotrijal. O debate, com o tema “Inovação e Sustentabilidade na Agricultura”, ocorre por iniciativa da…

CRA conclui que pesquisas aumentaram a competitividade da agropecuária
O investimento em pesquisa e inovação foi um dos principais fatores responsáveis pelos ganhos de produtividade alcançados pela agropecuária nacional nas últimas décadas, segundo avaliação da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). A comissão analisou este ano a política pública de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail