Reforma política deve unificar eleições e reduzir número de partidos, diz Ana Amélia

19/09/2016 - Geral


PEC dos senadores Ricardo Ferraço e Aécio neves, que visa diminuir número de partidos, foi aprovada na CCJ

Reforma política deve unificar eleições e reduzir número de partidos, diz Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) manifestou apoio à proposta que visa diminuir o número de partidos no Congresso Nacional, de autoria dos senadores Ricardo Ferraço (PSDB) e Aécio Neves (PSDB), aprovada na semana passada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Para ela, o país tem hoje partidos demais, o que prejudica a governabilidade. Em sua opinião, a proposta aprovada pela CCJ, que acaba com as coligações partidárias e exige que os partidos tenham uma votação eleitoral mínima para funcionarem, é o caminho adequado para a moralização do sistema partidário brasileiro.

Ana Amélia também declarou apoio à proposta de mudança na Constituição que unifica as eleições no país a partir de 2022. Segundo a senadora, o país não aguenta mais uma eleição a cada dois anos porque isso gera um elevado custo e deixa o país praticamente paralisado.

- Temos que caminhar para acabar com a reeleição e ter a coragem de fazer essa coincidência de mandatos, de todos os níveis. No mesmo dia, a eleição para prefeito, para governador e para presidente da República. Eu penso que, dessa forma, estaremos caminhando definitivamente para uma situação de maior estabilidade política, de maior estabilidade econômica, de maior estabilidade social em nosso país - disse ela em pronunciamento no Plenário nesta segunda-feira (19).


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

Hoje
Bancada gaúcha lança frente parlamentar pela construção do Hospital do Câncer
Os 34 parlamentares gaúchos no Congresso Nacional se uniram pela construção do Hospital do Câncer no Grupo Hospitalar Conceição (GHC). A bancada gaúcha lançou, nesta quarta-feira (28), Frente Parlamentar em Prol da Construção do Hospital do Câncer GHC. O…

Comissão mista aprova relatório da MP 774. Destaques serão votados na semana que vem
A comissão mista que analisa a MP 774 aprovou hoje, no Senado, o relatório do senador Airton Sandoval (PMDB-SP), mantendo a desoneração de setores importantes para a economia como o coureiro-calçadista, têxtil e de Tecnologia…

27 de jun
“Não podemos admitir ameaças e incitação à violência”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o discurso de petistas e nota oficial do partido que defendeu o Luís Inácio Lula da Silva fazendo ameaças e incitando a violência. De acordo com a parlamentar gaúcha, o ex-presidente recebe tratamento deum “ ídolo…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail