Reforma política deve unificar eleições e reduzir número de partidos, diz Ana Amélia

19/09/2016 - Geral


PEC dos senadores Ricardo Ferraço e Aécio neves, que visa diminuir número de partidos, foi aprovada na CCJ

Reforma política deve unificar eleições e reduzir número de partidos, diz Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) manifestou apoio à proposta que visa diminuir o número de partidos no Congresso Nacional, de autoria dos senadores Ricardo Ferraço (PSDB) e Aécio Neves (PSDB), aprovada na semana passada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Para ela, o país tem hoje partidos demais, o que prejudica a governabilidade. Em sua opinião, a proposta aprovada pela CCJ, que acaba com as coligações partidárias e exige que os partidos tenham uma votação eleitoral mínima para funcionarem, é o caminho adequado para a moralização do sistema partidário brasileiro.

Ana Amélia também declarou apoio à proposta de mudança na Constituição que unifica as eleições no país a partir de 2022. Segundo a senadora, o país não aguenta mais uma eleição a cada dois anos porque isso gera um elevado custo e deixa o país praticamente paralisado.

- Temos que caminhar para acabar com a reeleição e ter a coragem de fazer essa coincidência de mandatos, de todos os níveis. No mesmo dia, a eleição para prefeito, para governador e para presidente da República. Eu penso que, dessa forma, estaremos caminhando definitivamente para uma situação de maior estabilidade política, de maior estabilidade econômica, de maior estabilidade social em nosso país - disse ela em pronunciamento no Plenário nesta segunda-feira (19).


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

18 de ago
Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista
Em roteiro no Vale dos Sinos nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS), esteve reunida em Nova Hartz com o prefeito, Flavio Jost, e representantes do setor calçadista que apresentaram os principais desafios enfrentados para empreender. A mais insistente demanda é que…

16 de ago
TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, comunicou à senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (16), que foi concluído memorial detalhando como o rezoneamento previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prejudicará os eleitores gaúchos…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail