Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia

15/03/2016 - Geral


Senadora enfatizou que novo regime político não é a solução para o problema da governabilidade do país

Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou nesta terça-feira (15), em Plenário, que a solução do problema da governabilidade do país vai muito além da adoção do sistema semiparlamentarista, proposta que classificou de "mero casuísmo". Segundo a parlamentar gaúcha, essa alternativa reduziria os poderes do presidente da República, ao mesmo tempo que fortaleceria os do Congresso Nacional, é contrária às exigências da população que saiu às ruas no último domingo, em todo o país.

Ana Amélia alertou que não é a melhor solução para a crise política do país dar mais força a um Congresso Nacional que tem 99 de seus 594 integrantes com processos pendentes de julgamento no Supremo Tribunal Federal.

— Agora há de se perguntar também a oportunidade de debatermos essa questão. Aí é outra dúvida, uma outra interrogação, considerando que nós estamos com uma inflação de 10%, estamos com um nível de desemprego de 11%, indo para 12%, e essas emergências, ao meu juízo, são muito mais graves do ponto de vista social do que você estar aqui, assim como se não visse essa realidade ao seu lado, a discutir mudança no sistema de governo.

A senadora Ana Amélia acredita que a solução para os problemas atuais do país está na retomada do processo de impeachment da presidente da República, Dilma Roussef.

Ela lembrou que assinou a proposta de emenda à Constituição, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), para instituir o parlamentarismo no país apenas como forma de apoiar o início dos debates sobre o assunto no Congresso Nacional. E isso, segundo a senadora, não significa que ela defenda a adoção rápida do conteúdo dessa proposta.

Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia


Mais notícias:

17 de out
Ana Amélia votou para manter senador mineiro afastado do mandato
A senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que votou favoravelmente à decisão do Supremo Tribunal Federal e pela manutenção das medidas cautelares adotadas contra o senador afastado Aécio Neves. Em discurso na tribuna, a parlamentar destacou que votou “sim”  pela consciência, coerência e valores…

16 de out
Ana Amélia defende transparência na votação do afastamento de senador
A senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que não pode usar uma “régua moral diferente” para votar casos envolvendo parlamentares. Por isso, ela defende votação aberta no Plenário na decisão sobre o afastamento do senador Aécio Neves.Segundo a senadora, todas as votações devem ser…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail