Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia

15/03/2016 - Geral


Senadora enfatizou que novo regime político não é a solução para o problema da governabilidade do país

Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou nesta terça-feira (15), em Plenário, que a solução do problema da governabilidade do país vai muito além da adoção do sistema semiparlamentarista, proposta que classificou de "mero casuísmo". Segundo a parlamentar gaúcha, essa alternativa reduziria os poderes do presidente da República, ao mesmo tempo que fortaleceria os do Congresso Nacional, é contrária às exigências da população que saiu às ruas no último domingo, em todo o país.

Ana Amélia alertou que não é a melhor solução para a crise política do país dar mais força a um Congresso Nacional que tem 99 de seus 594 integrantes com processos pendentes de julgamento no Supremo Tribunal Federal.

— Agora há de se perguntar também a oportunidade de debatermos essa questão. Aí é outra dúvida, uma outra interrogação, considerando que nós estamos com uma inflação de 10%, estamos com um nível de desemprego de 11%, indo para 12%, e essas emergências, ao meu juízo, são muito mais graves do ponto de vista social do que você estar aqui, assim como se não visse essa realidade ao seu lado, a discutir mudança no sistema de governo.

A senadora Ana Amélia acredita que a solução para os problemas atuais do país está na retomada do processo de impeachment da presidente da República, Dilma Roussef.

Ela lembrou que assinou a proposta de emenda à Constituição, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), para instituir o parlamentarismo no país apenas como forma de apoiar o início dos debates sobre o assunto no Congresso Nacional. E isso, segundo a senadora, não significa que ela defenda a adoção rápida do conteúdo dessa proposta.

Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Proposta de regime semiparlamentarista é ‘mero casuísmo’, afirma Ana Amélia


Mais notícias:

18 de ago
Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista
Em roteiro no Vale dos Sinos nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS), esteve reunida em Nova Hartz com o prefeito, Flavio Jost, e representantes do setor calçadista que apresentaram os principais desafios enfrentados para empreender. A mais insistente demanda é que…

16 de ago
TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, comunicou à senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (16), que foi concluído memorial detalhando como o rezoneamento previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prejudicará os eleitores gaúchos…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail