Projetos que criam varas da Justiça Federal em Ijuí e Gravataí deverão ser votados na próxima terça-feira

07/04/2016 - Geral


Senadora Ana Amélia apresentou requerimento solicitando agilidade na análise das propostas em Plenário

Projetos que criam varas da justiça federal em Ijuí e Gravataí deverão ser votados na próxima terça-feira

Deverão ser votados na próxima terça-feira (12) pelo Senado os projetos de lei (PLC 117/2015 e PLC 114/2015) que criam, respectivamente, varas da justiça federal em Ijuí e Gravataí. As duas matérias, após a análise no Plenário, seguirão para sanção presidencial.

A votação ocorrerá em função de requerimento apresentado pela senadora Ana Amélia (PP-RS) pedindo agilidade na análise dos projetos. A senadora gaúcha foi a relatora das duas matérias na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

O PLC 117/2011 prevê a criação da Vara Federal em Ijuí, com os respectivos cargos de juiz federal e de juiz federal substituto, além de 17 cargos efetivos (analista e técnico), 1 cargo em comissão e 13 funções comissionadas. Ana Amélia enfatizou que a criação da Vara em Ijuí tem o objetivo de atender à crescente demanda judicial na região noroeste do Rio Grande do Sul, que tem grande relevância econômica e demográfica.

— A criação da Vara em Ijuí é importante medida para descentralizar os serviços da Justiça Federal, contribuindo para garantir a honestidade nas relações econômicas e políticas de nosso país — enfatizou Ana Amélia, que desde 2012 trabalha para que essa proposta vire realidade, participando de reuniões em órgãos do Judiciário.

Já o PL 114/2015 prevê a criação de duas varas da Justiça Federal no município de Gravataí. A proposta, de autoria do Superior Tribunal de Justiça, determina ainda a abertura de cargos de juízes, cargos efetivos e em comissão e funções comissionadas no Quadro de Pessoal da Justiça Federal, entre analistas e técnicos judiciários.

Com base em avaliação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a iniciativa, Ana Amélia considerou justificável a criação das varas federais de Gravataí. A medida, salientou a parlamentar, foi proposta para fazer frente à “crescente demanda da população que busca a tutela da justiça, o que exige do poder público a adoção de medidas para prover a Justiça Federal de uma estrutura adequada ao atendimento da sociedade”.

Segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem 269.022 habitantes, a sexta maior população do Rio Grande do Sul. O Conselho Federal de Justiça esclarece que, no RS, todos os municípios com população superior à de Gravataí já contam com mais de uma vara da Justiça Federal.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

19 de out
Ana Amélia é escolhida melhor senadora de 2017 no prêmio Congresso em Foco
A parlamentar gaúcha Ana Amélia (PP-RS) foi escolhida como a melhor senadora de 2017 na 10ª edição do tradicional prêmio Congresso em Foco, em cerimônia realizada nesta quinta-feira (19), em Brasília. A escolha foi feita por um júri formado por…

18 de out
Ana Amélia reforça alerta de Moro sobre projetos que fragilizam instituto das delações premiadas
No comando de um dos mais importantes e rumorosos processos da história dos poderes político e judiciário no Brasil, o juiz Sérgio Moro foi equilibrado, sereno e habilidoso na entrevista ao jornalista Gerson Camarotti, na Globo News. A…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail