Produtores de maçã apresentam reivindicações à ministra Kátia Abreu

08/12/2015 - Agricultura


Senadora Ana Amélia participou da reunião ao lado de representantes dos três estados do Sul

Produtores de maçã apresentam reivindicações à ministra Kátia Abreu

Questões relacionadas à sanidade na produção de maçãs e subvenção do seguro agrícola foram temas tratados entre parlamentares gaúchos, catarinenses e paranaenses e lideranças dos produtores com a ministra Kátia Abreu. O encontro ocorreu nesta terça-feira (8), com a presença da senadora Ana Amélia (PP-RS), presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado.

No encontro, representantes da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM), da Associação dos Produtores da Maçã e Pera de Santa Catarina (AMAP), da Associação Gaúcha dos Produtores de Maçã (Agapomi), da Associação dos Fruticultores do Paraná (Frutipar) e da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), entregaram documento com reivindicações à ministra.

O setor produtivo pediu a publicação do plano de contingência da Cydia Pomonella e da análise de risco da praga na pera, a fim de que a comunidade científica acompanhe as medidas. Os pedidos tiveram apoio de Kátia Abreu.

Kátia Abreu reiterou a atenção constante do Mapa pela inocuidade dos alimentos, especialmente em relação à praga Cydia Pomonella, que atinge plantações de maçã, mas está erradicada no Brasil. A ministra destacou a suspensão, em março, da importação de maçã, pera e marmelo da Argentina devido à ocorrência da doença nos produtos enviados por aquele país.

Os produtores pediram ainda um aporte adicional no seguro agrícola para a fruticultura nos três estados do Sul. Eles reivindicaram o empenho e a liquidação de R$ 55 milhões referentes ao pagamento de subvenção dos contratos de seguros já processados. A ministra ponderou que o orçamento da subvenção de 2015 está restrito devido ao pagamento do seguro do ano passado. Katia Abreu disse que compreendia a situação dos produtores, mas reiterou que houve um desarranjo porque foi necessário pagar as subvenções de 2014 este ano.

Com informações do Ministério da Agricultura


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

11/12/2018
Senado aprova novo limite para compra de leite de pequenos agricultores
O Plenário aprovou emenda da Câmara dos Deputados ao projeto que estabelece um novo limite de aquisição de leite no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal (ECD 1/2018). Conforme o texto aprovado, o limite mínimo passa a…

05/12/2018
Aprovada urgência para projeto que garante compra mínima de leite de agricultores familiares
O Plenário vota na próxima terça-feira (11) o projeto que obriga o governo federal a realizar compras mínimas de leite produzido por agricultores familiares. O texto em pauta assegura a aquisição de pelo menos 35 litros por dia. O autor…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail