Oposição luta contra PEC 55, mas esquece dos cortes bilionários que fez na educação, lembra Ana Amélia

21/11/2016 - Geral


Senadora reafirmou sua posição a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos

Oposição luta contra PEC 55, mas esquece dos cortes bilionários que fez na educação, lembra Ana Amélia

Na sessão de discussão da PEC 55/2016, no Plenário, a senadora Ana Amélia (PP-RS) reafirmou sua posição a favor da proposta. A parlamentar classificou como “ladainha” o argumento da oposição de que a PEC vai comprometer a educação, já que essa foi a área que mais teve cortes no governo de Dilma Rousseff.

A senadora lembrou que o Ministério da Educação perdeu, sob o governo da ex-presidente, R$10,5 bilhões, o equivalente a 10% do orçamento em 2015.

— Cortes em programas, pagamentos atrasados e trocas de ministros. Foram três em poucos meses no Ministério da Educação. Que prioridade é essa? Por que isso? Por que a verdade não vem? Pelo menos deveriam admitir os equívocos cometidos — protestou.

A senadora ressaltou que os cortes de Dilma atingiram os programas Financiamento Estudantil — Fies e Pronatec — que foram as duas principais bandeiras da ex-Presidente na área de educação nas eleições de 2014.

Ana Amélia citou ainda o corte de 87% em programas como reforma agrária, creches, combate às drogas e o Bolsa Família no governo Dilma Rousseff.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Oposição luta contra controle de gastos e esquece cortes que fez depois da campanha, diz Ana Amélia


Mais notícias:

16 de out
Ana Amélia defende transparência na votação do afastamento de senador
A senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que não pode usar uma “régua moral diferente” para votar casos envolvendo parlamentares. Por isso, ela defende votação aberta no Plenário na decisão sobre o afastamento do senador Aécio Neves.Segundo a senadora, todas as votações devem ser…

13 de out
Ana Amélia defende voto aberto na sessão que decidirá sobre afastamento de senador
Após notícias veiculadas na imprensa de que haveria articulação por uma votação secreta para deliberar sobre as medidas cautelares e o afastamento imposto ao senador Aécio Neves, na sessão marcada para a próxima terça-feira (17), a…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail