Novos cortes no Orçamento anunciados pelo governo são classificados como dramáticos

30/11/2015 - Economia


Senadora também enfatizou ser grave o rombo histórico de R$ 12,7 bilhões nas contas públicas em outubro

Ana Amélia classifica como dramáticos os novos cortes no Orçamento anunciados pelo governo

A senadora Ana Amélia (PP-RS) classificou de dramática, nesta segunda-feira (30), a decisão do governo de cortar mais R$ 10 bilhões do Orçamento deste ano, mesmo que isso seja apenas uma manobra para forçar o Congresso Nacional a aprovar logo a proposta orçamentária que reduz a meta fiscal de 2015

O projeto, que já foi aprovado pela Comissão Mista de Orçamento e aguarda votação no plenário do Congresso Nacional, permite que o governo feche o ano com um déficit de até R$ 120 bilhões. Segundo a senadora, estima-se que o governo reveja o corte após a aprovação da nova meta fiscal.

Ana Amélia afirmou ser grave também o reconhecimento de um rombo histórico de R$ 12,7 bilhões nas contas públicas em outubro, o pior desde 1997. De janeiro a outubro, o déficit estimado é de R$ 33 bilhões. Para a senadora, isso revela uma situação catastrófica no âmbito da administração financeira federal.

— A determinação de fazer um corte de R$ 10 bilhões na execução do orçamento deste ano, que ainda não fechou, isto é dramático. R$ 10 bilhões significam que o governo vai cortar a luz, vai cortar a água, aluguéis, viagens, vai cortar tudo, vai cortar o custeio. É uma situação absolutamente preocupante.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia demonstra preocupação com novos cortes anunciados pelo governo federal


Mais notícias:

20 de set
PEC da senadora pode servir como base no debate sobre compensação aos Estados em função da Lei Kandir
A PEC 22/2014, de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), que prevê a troca do pagamento da dívida dos Estados com os créditos fiscais das exportações, decorrentes da Lei Kandir, conta com o…

14 de set
Ana Amélia: aparelhamento político provocou estrago no patrimônio dos trabalhadores da Petrobras
Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (13), a senadora Ana Amélia falou sobre o rombo no Petros, fundo de pensão dos funcionários e aposentados da Petrobras, que foi administrado pelo PT, de R$ 14 bilhões. — O aparelhamento político fez…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail