Nomeação de dirigentes deveria atender interesse público e não partidário, diz Ana Amélia

12/02/2016 - Geral


Senadora comentou pesquisa internacional que colocou caso da Petrobrás como o segundo maior escândalo de corrupção do mundo

Nomeação de dirigentes deveria atender interesse público e não partidário, diz Ana Amélia

Pesquisa divulgada nesta semana pela ONG Transparência Internacional apontou o caso da Petrobrás como o segundo maior ato de corrupção do mundo. Ao comentar o levantamento, a senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que isso reforça a relevância da Operação Lava Jato e a importância de que as estatais sejam comandadas por técnicos capacitados atuando a serviço da sociedade e não para atender interesses partidários.

— A nomeação de dirigentes deveria priorizar o interesse nacional e não o interesse de partidos. A sociedade exige profissionalismo, rigor, ética e responsabilidade — destacou.

A parlamentar acrescentou que é muito triste para os brasileiros ver a empresa, um orgulho nacional, implodida por um processo de corrupção e apontada como o segundo maior caso entre 400 citados. Ana Amélia também elogiou a forma como instituições como Judiciário, Ministério Público e Polícia Federal vêm agindo no combate à corrupção.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Nomeação de dirigentes deveria atender interesse público e não partidário, diz Ana Amélia


Mais notícias:

18 de ago
Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista
Em roteiro no Vale dos Sinos nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS), esteve reunida em Nova Hartz com o prefeito, Flavio Jost, e representantes do setor calçadista que apresentaram os principais desafios enfrentados para empreender. A mais insistente demanda é que…

16 de ago
TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, comunicou à senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (16), que foi concluído memorial detalhando como o rezoneamento previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prejudicará os eleitores gaúchos…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail