Não se pode colocar a raposa para cuidar do galinheiro, diz Ana Amélia sobre Conselho de Ética do Senado

31/05/2017 - Geral


Ana Amélia comentou a indicação de três senadores investigados, em entrevista à TV Globo

Não pode colocar a raposa para cuidar do galinheiro, diz Ana Amélia sobre Conselho de Ética do Senado

Em entrevista à TV Globo, nesta quarta-feira (31), questionada sobre a indicação de senadores investigados na Lava Jato ao Conselho de Ética do Senado, a senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que a Casa perde a oportunidade de dar a resposta que a sociedade espera.

— Popularmente, nós podemos dizer: não se pode colocar a raposa para cuidar do galinheiro — disse a senadora.

A parlamentar disse que o Senado deveria fazer um esforço para que a sociedade veja a Casa de uma forma diferente, atuando de forma rigorosa e responsável, respeitando o princípio constitucional de que ninguém está acima da lei.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Não pode colocar a raposa para cuidar do galinheiro, alerta Ana Amélia


Mais notícias:

21/12/2018
Leis aprovadas e 70% de economia: Ana Amélia faz balanço da sua atuação no Senado
Cinco leis e uma emenda constitucional em vigor, mais de 100 projetos apresentados e 480 propostas relatadas. Os dados fazem parte do balanço apresentado pela senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) na tribuna sobre os oito anos de…

Ana Amélia é anunciada para comandar a Secretaria de Relações Federativas e Internacionais do RS
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) foi anunciada na tarde desta sexta-feira (21), em Porto Alegre, como futura secretária de Relações Federativas e Internacionais do Governo do Rio Grande do Sul. A parlamentar aceitou convite do governador eleito,…

20/12/2018
Ana Amélia pede estabilidade jurídica e institucional no país
Em pronunciamento no Plenário do Senado, nesta quinta-feira (20), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) se despediu da Casa e disse que já pensa num retorno ao Senado no futuro. A parlamentar gaúcha destacou a importância de se acabar com a instabilidade jurídica…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail