MP 774 é aprovada na comissão mista e mantém desoneração para setores importantes da economia gaúcha

05/07/2017 - Economia


Emendas contemplando setores coureiro-calçadista, têxtil e de TI foram apresentadas pela senadora Ana Amélia

MP 774 é aprovada na comissão mista e mantém desoneração para setores importantes da economia gaúcha

A Comissão Mista do Congresso Nacional que examina a medida provisória 774/17 concluiu nesta quarta-feira (5) a votação da proposta. A MP reonera a folha de pagamento das empresas de cerca de 50 setores da economia. 

No entanto, a senadora Ana Amélia (PP-RS), titular da comissão, conseguiu a aprovação de emendas de sua autoria para evitar a reoneração de alguns setores importantes para a economia gaúcha.

As emendas da parlamentar garantiram a manutenção da desoneração aos setores coureiro-calçadista, têxtil e de tecnologia da informação e foram acatadas pelo relator, senador Airton Sandoval (PMDB-SP)
— São setores importantes para a economia brasileira e grandes empregadores de mão de obra — argumentou a senadora Ana Amélia.

Os setores de call center, circuitos integrados, empresas estratégicas de defesa, transporte rodoviário de cargas, fabricantes de ônibus e carrocerias de ônibus e de máquinas e equipamentos industriais e agropecuários também ficaram de fora da reoneração e manterão o benefício.

Agora, a MP terá de ser votada nos plenários da Câmara, o que está previsto para a próxima semana, e do Senado.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

10 de ago
Ana Amélia é contra aumento de salário para ministros e parlamentares
A decisão tomada pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal de conceder reajuste em seus próprios vencimentos, a partir do ano que vem, em 16,38%, "é inoportuna e provoca um preocupante efeito-cascata nas despesas públicas. O alerta foi feito…

24 de jul
Governo fará novos estudos para aprimorar Selo Combustível Social
O secretário-executivo da Casa Civil, Daniel Sigelmann, informou nesta terça-feira (24) que a equipe econômica do governo e outras áreas ligadas ao setor de biocombustíveis irão analisar as sugestões das indústrias de combustíveis limpos para aprimorar o Selo Combustível…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail