Mais de 20 projetos são apreciados em reunião da Comissão de Agricultura do Senado

30/11/2016 - Agricultura


Matérias foram aprovadas em reunião deliberativa presidida pela senadora Ana Amélia

Mais de 20 projetos são apreciados em reunião da Comissão de Agricultura do Senado

Faltou pouco para que a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária aprovasse todos os projetos terminativos em tramitação na reunião na tarde desta quarta-feira (30). A senadora Ana Amélia, (PP-RS), presidente da CRA, disse ter certeza que, na próxima semana, com a colaboração de todos os senadores membros da comissão, terá condições de encerrar o exercício com a pauta zerada.

Uma das iniciativas aprovadas é o substitutivo que trata de reduzir o desperdício de alimentos, aperfeiçoando a legislação. A intenção é evitar a criminalização dos doadores, ampliando as doações e permitindo que mais pessoas tenham acesso aos alimentos que seriam jogados no lixo. A matéria ainda será votada em turno suplementar antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

Projeto que incentiva o desenvolvimento da criação de cavalos e outros animais como mulas, burros e jumentos foi outro aprovado nesta quarta-feira. A matéria segue agora para votação em Plenário. Segundo o relator da proposta (PLS 254/2014), senador Acir Gurgacz (PDT-RO), a cultura de equinos movimenta cerca de R$ 13 bilhões por ano e gera 800 mil empregos diretos e 3,5 milhões indiretos. Na avaliação do senador, além de estabelecer políticas para a atividade, que inclui o controle de doenças, a proposta vai incrementar a geração de empregos.

A proposta foi apresentada em 2014 pelo então senador Antonio Aureliano.  O projeto estabelece diretrizes para a elaboração de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da criação de equinos. O governo deverá manter um grupo de estudo setorial permanente sobre a equideocultura. O texto ainda exige que o Plano Agrícola e Pecuário anual inclua o fortalecimento da atividade.

Por meio de emenda, o relator sugeriu ainda que órgãos do governo federal responsáveis pela fiscalização da exploração de jogos e loterias assumam a atribuição de receber as contribuições mensais pagas pelas entidades que promovem corridas de cavalos. Hoje, essa responsabilidade é do Ministério da Agricultura.

Outros projetos

A Comissão de Agricultura também deliberou nesta quarta-feira sobre mais outros 20 itens da pauta. Entre os projetos aprovados estão oPLS 268/2014, que promove o uso sustentável dos equipamentos de irrigação na agricultura brasileira; e o PLC 9/2015, que proíbe a soltura no ambiente natural de organismos aquáticos geneticamente modificados.

Foi aprovado também oPLC 10/2016, que trata da localização dos depósitos dos estabelecimentos revendedores ou distribuidores de agrotóxicos. A matéria segue para análise da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA).  Já oPLC 213/2015, que disciplina o armazenamento de frutas e hortaliçasin naturaveio da CMA e, aprovado na forma de substitutivo, segue para votação no Plenário.

Na mesma reunião ainda foi votada e aprovada a proposta (PLS 524/2015) que estabelece parâmetros para a elaboração de políticas públicas para a ovinocaprinocultura no Brasil.  

Mosquitos

Entre os requerimentos aprovados, o de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), presidente da Comissão, solicita informações do ministro da Saúde sobre os estudos em desenvolvimento para utilização da aviação no combate aos mosquitos transmissores da Dengue, Chikungunya e Zica.

Mais de 20 projetos são apreciados em reunião da Comissão de Agricultura do Senado



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

11/12/2018
Senado aprova novo limite para compra de leite de pequenos agricultores
O Plenário aprovou emenda da Câmara dos Deputados ao projeto que estabelece um novo limite de aquisição de leite no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal (ECD 1/2018). Conforme o texto aprovado, o limite mínimo passa a…

05/12/2018
Aprovada urgência para projeto que garante compra mínima de leite de agricultores familiares
O Plenário vota na próxima terça-feira (11) o projeto que obriga o governo federal a realizar compras mínimas de leite produzido por agricultores familiares. O texto em pauta assegura a aquisição de pelo menos 35 litros por dia. O autor…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail