Luciano Coutinho afirma que BNDES está “cuidando dos caminhoneiros”

02/07/2015 - Geral


Senadora Ana Amélia havia cobrado presidente da estatal sobre prorrogação do financiamento de caminhões

Luciano Coutinho afirma que BNDES está “cuidando dos caminhoneiros”


O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, declarou nesta quinta-feira (2) que está "cuidando dos caminhoneiros". A afirmação, durante rápido encontro com a senadora Ana Amélia (PP-RS), no Congresso Nacional, faz referência à cobrança da parlamentar gaúcha pedindo a regulamentação da norma que prorroga, por 12 meses, o vencimento de parcelas relativas ao financiamento de caminhões.

Em discurso na última semana, Ana Amélia lembrou que a medida tinha sido anunciada em março como parte de um pacote de iniciativas do governo para atender reivindicações dos caminhoneiros que paralisaram as atividades por melhores condições de trabalho. Enquanto o BNDES não regulamenta a matéria, as prestações do financiamento dos caminhões junto ao banco continuam vencendo.

— Nós estamos em junho, virando para julho. Então, quase cinco meses de espera. Eu penso que a equipe técnica do BNDES está qualificadíssima para fazer isso. Presidente Luciano Coutinho, por favor, lembre-se dessa questão política, desse entendimento, desse acordo com os caminhoneiros, porque depois, quando a categoria parar de novo, ela terá motivos para não acreditar que o acordo será cumprido — alertou a senadora no discurso.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

9 de nov
“Criminosos que destruíram fazenda na Bahia têm que responder pelos 100 desempregados”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) leu nesta quinta-feira (9), no Plenário do Senado, uma carta que recebeu de Rogério Aranibar, funcionário do grupo Igarashi cuja planta, em Correntina, no Oeste da Bahia, foi destruída por criminosos…

8 de nov
Congresso derruba um veto de Temer e mantém outros três
O Congresso rejeitou nesta quarta-feira (8) o veto do presidente Michel Temer a uma lei que convalida incentivos concedidos a empresas pelos governos estaduais. Outros três vetos foram mantidos pelos parlamentares, e cinco serão votados em nova sessão conjunta, marcada para dia 22…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail