Lista fechada é uma violência à vontade do eleitor na escolha de seu candidato, diz Ana Amélia

7 de abr - Geral


Senadora também manifestou posição contra candidatura simultânea

Lista fechada é uma violência à vontade do eleitor na escolha de seu candidato, diz Ana Amélia

A senadora Ana Amélia reforçou nesta semana sua posição contra a possibilidade de implementação do voto em lista fechada, proposta no relatório da Reforma Política em debate no Congresso.

— Lista fechada é um despropósito. Isso não é reforma eleitoral. É uma violência à vontade do eleitor na escolha de seu candidato — disse.

A parlamentar ressaltou que a reforma deveria simplificar e moralizar o sistema eleitoral, tornando o processo mais transparente, democrático e com maior senso de representatividade legítima.

— E legitimidade é o eleitor ter o direito de escolher quem ele quer — acrescentou.

Ana Amélia disse ainda que outra medida importante é trabalhar para que o eleitor tenha vigilância e seja criterioso na escolha dos seus candidatos.

A senadora também criticou a proposta de candidaturas simultâneas. Assim, uma mesma pessoa poderia se candidatar ao mesmo tempo para governador e deputado. Perdendo em um, poderia ser eleger no outro.

Ana Amélia considerou a iniciativa uma “invencionice” sem lógica e salientou que a sociedade quer renovação.

— Propostas como essas só fazem o eleitor ficar mais desacreditado na capacidade das lideranças encarregadas de fazer uma reforma que deveria ser para a sociedade e não para o interesse de políticos ou de partidos — completou.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Lista fechada é violência à vontade do eleitor na escolha de seu candidato, diz Ana Amélia


Mais notícias:

23 de mai
Senadora vai reforçar pedido de aumento da mistura obrigatória de biodiesel ao diesel fóssil
A senadora Ana Amélia (PP-RS) irá reforçar ao ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, o pedido dos produtores de biodiesel com o objetivo de antecipar para julho o aumento da mistura…

22 de mai
Ana Amélia critica acordo de delação que prevê imunidade para o dono da JBS
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o acordo de delação que prevê imunidade para os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. O grupo empresarial entregou delatou um esquema de corrupção envolvendo parlamentares e atinge o…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail