"História falará que houve crime de responsabilidade e que processo teve cobertura do STF", diz Ana Amélia

31/08/2016 - Geral


Senadora reafirmou voto a favor do afastamento definitivo da presidente afastada

A história dirá que o processo de impeachment teve apoio popular, diz Ana Amélia

A história é quem vai se encarregar de mostrar aos brasileiros as verdades sobre o processo de impeachment. A opinião é da senadora Ana Amélia (PP-RS), que foi à tribuna defender o afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República.

Ana Amélia destacou que a história falará de um governo que não mediu os riscos e abusou dos gastos. De uma presidente que fez o diabo para ganhar a reeleição e cujo partido tinha projeto de poder e não projeto de país.

— A história falará que houve crime de responsabilidade e que o processo teve a cobertura do Supremo Tribunal Federal. A história falará que ninguém está acima da lei, nem mesmo a Presidente da República — disse.

Segundo ela, a história mostrará, por exemplo, como ocorreram os escândalos do mensalão e do petrolão, a Lava Jato e as prisões de empresários e políticos. Deixará claro como o governo não mediu riscos, abusou dos gastos e levou o país a uma crise sem precedentes.

— A historia ensinará como nasceu o termo pedalada. Dirá que o processo teve apoio popular e que o verde e o amarelo se sobrepuseram a outras cores que não estão em nossa bandeira — afirmou.

A senadora disse ainda que a presidente e o PT tomaram decisões que lhes beneficiaram politicamente para lhes favorecer nas eleições de 2014, por isso construíram uma imagem de um país fictício a fim de se manterem no poder.

— Lula e Dilma não tinham um projeto de país, mas um projeto de poder — destacou.

Ana Amélia ainda lembrou que o PT apresentou 13 pedidos de impeachment contra o presidente Fernando Henrique Cardoso e criticou a tese dos aliados de Dilma de que há um golpe em curso no país.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


A história mostrará que houve crime e o processo teve cobertura do STF, diz Ana Amélia


Mais notícias:

14 de dez
Senado aprova 'critério de simplicidade' em ações criminais
O Plenário aprovou nesta quinta-feira (14) o projeto de lei da Câmara (PLC)21/2016, que prevê o critério da simplicidade como orientador em ações de natureza criminal. A simplicidade pressupõe que os processos devem reunir materiais essenciais, adotando linguagem clara e acessível às partes. Para…

13 de dez
Senadora Ana Amélia recebeu 120 premiações em sete anos de mandato
Desde que assumiu o mandato no Senado, em fevereiro de 2011, após ter sido eleita com 3,4 milhões de votos dos gaúchos, no ano anterior, a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) recebeu cerca de 120 premiações e homenagens, desde medalhas, placas e troféus…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail