Governo precisa fazer o dever de casa, cobra Ana Amélia ao criticar aumento de gastos da Presidência

15/06/2015 - Economia


Despesas do Planalto entre janeiro e abril saltaram de R$ 1,6 bilhão no ano passado para R$ 2,2 bilhões em 2015

Ana Amélia critica aumento de gastos da Presidência e diz que governo precisa fazer o dever de casa

O aumento de gastos do governo federal, em especial da Presidência da República, nos primeiros meses de 2015, foi criticado pela senadora Ana Amélia (PP-RS) em discurso na tribuna nesta segunda-feira (15). A parlamentar lembrou que o governo transfere para a sociedade o desajuste das contas públicas, mas não dá exemplo de austeridade.

— Neste primeiro semestre, sabe quanto aumentaram as despesas, comparativamente ao mesmo período do ano passado? Quase 40%. E vou dar um dado muito singelo. Só com material gráfico, o governo, que gastou no primeiro semestre do ano passado, R$ 7,2 milhões, neste ano do ajuste, da dureza, do aperto, desembolsou R$ 31,2 milhões — disse.

Segundo os dados do governo federal, divulgados pela imprensa no final de semana, o Planalto gastou, entre janeiro e abril de 2014, R$ 1,6 bilhão com as despesas da administração geral e órgãos e secretarias vinculadas à Presidência. No mesmo período deste ano, os valores chegaram a R$ 2,2 bilhões.

— Se a conta fosse o contrário, eu estaria aqui para aplaudir. Mas aumentar 334% em gastos com gráfica, não tem condições de aceitarmos. E o governo continua insistindo como se nada acontecesse. São 39 ministérios. Nos cartões corporativos, os gastos continuam aumentando. Dessa forma, não é possível chegar e pedir sacrifícios a quem trabalha — completou.

Ana Amélia critica aumento de gastos da Presidência e diz que governo precisa fazer o dever de casa




Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia critica aumento de gastos da Presidência e diz que governo precisa fazer o dever de casa


Mais notícias:

17 de abr
Modernização das leis trabalhistas é tema de debate promovido pelas federações das indústrias dos estados do Sul
No painel que debateu a modernização das leis trabalhistas, no 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho, nesta segunda-feira (17), a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu o fim da contribuição sindical obrigatória para empresários e…

30 de mar
Sindicato apresenta estudo sobre impacto da correção das tabelas do Imposto de Renda na economia
Um estudo inédito realizado pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio Grande do Sul (Sescon-RS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) revela que, dos R$ 97 bilhões arrecadados pelo…

Ana Amélia pede agilidade na liberação de recursos do Proex
Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (29), a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou do governo mais agilidade em relação às operações do Programa de Financiamento às Exportações do Governo Federal (Proex). A morosidade nos processos tem prejudicado exportadores brasileiros, disse a parlamentar, lembrando…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail