Governo edita MP para evitar penalização às prefeituras

20/12/2016 - Geral


Informação foi confirmada à senadora Ana Amélia nesta terça-feira e depois publicada no DOU

Governo irá editar MP para evitar penalização às prefeituras

O governo editOU errata à Medida Provisória da multa da repatriação de recursos enviados ilegalmente ao exterior para corrigir injustiça com as prefeituras. A informação foi confirmada à senadora Ana Amélia (PP-RS) na tarde desta terça-feira (20) e publicada depois no Diário Oficial da União (DOU).

Governo irá editar MP para evitar penalização às prefeituras


A publicação no DOU, pela manhã, deixou prefeitos apreensivos, pois previa vigência dos repasses para os municípios apenas a partir do ano que vem. Com a alteração, a vigência será já a partir do dia 30 de dezembro. Dessa forma, a receita entrará no caixa imediatamente, como ocorreu com os governos estaduais.

— Como muitos prefeitos pediram apoio ao meu gabinete para essa demanda, imediatamente entramos em contato com liderança do governo, que nos informou sobre a correção do erro — disse a senadora.

Segundo informações da Confederação Nacional dos Municípios, as prefeituras deverão receber uma parcela de mais de R$ 5 bilhões por conta da divisão da multa da repatriação de recursos, assim como já receberam parcela semelhante por conta do imposto devido da regularização de ativos no exterior. Serão recolhidos 22,5% do valor da multa ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

Hoje
Bancada gaúcha lança frente parlamentar pela construção do Hospital do Câncer
Os 34 parlamentares gaúchos no Congresso Nacional se uniram pela construção do Hospital do Câncer no Grupo Hospitalar Conceição (GHC). A bancada gaúcha lançou, nesta quarta-feira (28), Frente Parlamentar em Prol da Construção do Hospital do Câncer GHC. O…

Comissão mista aprova relatório da MP 774. Destaques serão votados na semana que vem
A comissão mista que analisa a MP 774 aprovou hoje, no Senado, o relatório do senador Airton Sandoval (PMDB-SP), mantendo a desoneração de setores importantes para a economia como o coureiro-calçadista, têxtil e de Tecnologia…

27 de jun
“Não podemos admitir ameaças e incitação à violência”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o discurso de petistas e nota oficial do partido que defendeu o Luís Inácio Lula da Silva fazendo ameaças e incitando a violência. De acordo com a parlamentar gaúcha, o ex-presidente recebe tratamento deum “ ídolo…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail