Governo busca desesperadamente aumentar receita à custa do contribuinte, critica Ana Amélia

17/02/2016 - Economia


Senadora disse que o governo pune o trabalhador ao não corrigir a tabela do Imposto de Renda pela inflação

Governo busca desesperadamente aumentar receita à custa do contribuinte, critica Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que o governo federal pune o trabalhador ao não corrigir a tabela do Imposto de Renda pela inflação que, conforme lembrou, já passou os 10%. O aumento da inflação e a consequente correção salarial fazem o trabalhador isento cair nas faixas de contribuição, acrescentou a senadora. Com isso, muitos que não pagavam, vão passar a pagar, afirmou.

— O governo está desesperadamente buscando aumentar a receita à custa do sacrifício do contribuinte — disse.

Ana Amélia defendeu a aprovação de projeto que apresentou em 2014 no Senado (PLS 2/2014), e que no final do ano estava em análise na Comissão de Assuntos Econômicos, estabelecendo que a tabela do Imposto de Renda seja corrigida sempre pela inflação.

A parlamentar gaúcha acrescentou que a atualização da tabela do Imposto de Renda representaria um alívio de até 60% no valor do imposto a pagar.

— O contribuinte poderia, se a tabela estivesse devidamente corrigida pela inflação, ter um alívio no valor do imposto. Mas o governo, ao contrário, preferiu aumentar a carga dos trabalhadores, disfarçadamente, na surdina. Quem estava apertado, agora está ainda mais, com maiores dificuldades — protestou a senadora.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Governo busca desesperadamente aumentar receita à custa do contribuinte, critica Ana Amélia


Mais notícias:

11 de abr
Impactos de medidas ao setor calçadista serão debatidos em audiência no Senado
Preocupada com as consequências econômicas e sociais negativas para o setor calçadista brasileiro de uma possível redução do imposto de importação dos calçados esportivos, especialmente em relação à perda de empregos, a senadora Ana Amélia…

OCB lança Agenda Institucional 2018 de cooperativismo
A Agenda Institucional 2018 do Cooperativismo foi apresentada pela OCB nesta quarta-feira (11), pelo Sistema OCB, com propostas legislativas para alavancar o setor e garantir segurança jurídica aos cooperados. A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), vice-presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo esteve no evento e destacou compromisso…

3 de abr
Congresso derruba veto ao Refis das micros e pequenas empresas
O Congresso derrubou nesta terça-feira (3) o veto ao projeto que instituía o Refis para micros e pequenas empresas. O  programa de refinanciamento, permitido às empresas que optaram pelo Simples, regime simplificado de tributação, havia sido aprovado pelo Senado no final de 2017.…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail