Governo ampliará análise para adoção de tarifa aeroportuária doméstica em voos inter-regionais

20 de abr - Infraestrutura


Proposta da senadora Ana Amélia será debatida pelo Itamaraty, Secretaria de Aviação Civil e Anac

Governo ampliará análise para adoção de tarifa aeroportuária doméstica em voos inter-regionais

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) debaterá com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Secretaria de Aviação Civil a utilização de uma tarifa aeroportuária doméstica em voos inter-regionais nos municípios de fronteira no Brasil. O texto-base já está pronto e deve ser analisado em breve.

A informação foi repassada à senadora Ana Amélia, autora da proposta, pela diretora do Departamento da América do Sul Meridional do MRE, embaixadora Eugênia Barthelmess, nesta quarta-feira (20), durante um jantar oferecido pela embaixada do Uruguai. De acordo com a parlamentar gaúcha, se adotada a tarifa doméstica inter-regional, o preço das passagens será reduzido.

— Se a medida for aceita e for adotada a binacionalização do aeroporto de Rivera, em exame pelos governos do Uruguai e Brasil, o preço das passagens cairá, as companhias aéreas serão atraídas para explorar a aviação regional e fortaleceremos a integração com os países fronteiriços —, disse.

Em 29 de março, a senadora Ana Amélia conversou com o chanceler uruguaio Rodolfo Novoa, e com o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, sobre a importância do uso do Aeroporto Internacional de Rivera como binacional. A medida beneficiaria, principalmente, Santana do Livramento e municípios vizinhos.

—O chanceler foi muito aberto e receptivo ao estudo continuado para que no aeroporto de Rivera possam operar companhias uruguaias e brasileiras, sendo a tarifa a ser cobrada da taxa aeroportuária equivalente à tarifa local. Isso daria um ativismo extraordinário à relação Brasil-Uruguai, porque integração só se entende quando o cidadão se beneficia dela — afirmou a senadora. 

Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

6 de jun
Empresa chinesa fecha acordo para investir no setor elétrico gaúcho
A empresa chinesa Shangai Eletric fechou um acordo com a Eletrosul para assumir os projetos de transmissão de energia no Rio Grande do Sul (RS). O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, atuou na conclusão da parceria após reunião…

1 de jun
Investimento no setor elétrico gaúcho deve ser anunciado até julho
O acordo de transferência da participação da Eletrosul para Shangai Eletric na expansão das linhas de transmissão de energia no Rio Grande do Sul deve ser anunciado até julho. O investimento no setor elétrico foi tema de reunião nesta quinta-feira (01)…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail