Gestores têm de saber a relevância do trabalho das santas casas, afirma senadora

15 de ago - Saúde


Senadora participou da abertura do congresso nacional do setor

Gestores têm de saber a relevância do trabalho das santas casas, afirma senadora



Na abertura do 28° Congresso Nacional das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos, nesta quarta-feira (15), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), destacou que as instituições de saúde não podem ser penalizadas com legislações ou ações que inviabilize o trabalho delas. Para a senadora gaúcha, é obrigação dos gestores públicos, saberem a relevância do trabalho das santas casa e hospitais filantrópicos.

— Os números desse setor comprovam sua relevância para sociedade. 51% do atendimento SUS é feito pelas Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, e no caso da alta complexidade o índice sobe para 67%. Irei propor à bancada do meu estado que emenda coletiva seja feita para repartir o recurso, via Secretaria Estadual, de acordo com o número de atendimento. Quem produz mais, recebe mais. — disse.

A rede hospitalar filantrópica brasileira é responsável por mais de 240 milhões de atendimentos ambulatoriais SUS anualmente, e sofre com a crescente defasagem de remuneração do Governo Federal. Em 927 municípios, as Santas Casas e os hospitais filantrópicos são as únicas unidades hospitalares, que se somam em 1.708 hospitais e mais de 170 mil leitos. As consequências do desequilíbrio econômico-financeiro geram a esta rede um déficit anual superior a R$ 9 bilhões.

No parlamento brasileiro, Ana Amélia é uma das principais defensoras do reajuste da tabela SUS. Em 2017, apenas a Santa Casa de Porto Alegre arcou com um déficit de mais de R$ 145 milhões com os atendimentos oferecidos aos usuários do SUS, que somam mais de 66% do volume de pacientes/dia assistidos pelo complexo hospitalar.

No Senado, Ana Amélia trabalhou pela aprovação do projeto que estabelece linhas de crédito diferenciadas para que essas instituições possam quitar suas dívidas e fazer mais investimentos. 


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa



Mais notícias:

12 de nov
Sancionada lei que garante validade nacional para receitas de remédios controlados
As receitas de medicamentos controlados ou manipulados terão validade por todo o país. É o que estipula a Lei 13.732, de 2018, sancionada pelo presidente da República e publicada nesta no Diário Oficial da União.A nova lei tem origem…

6 de nov
Especialistas defendem testes genéticos para tratamento do câncer no SU
Médicos, pacientes e representantes da sociedade civil defenderam nesta terça-feira (6) o uso de testes genéticos para o diagnóstico e o tratamento de câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Eles participaram de audiência pública da Comissão…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail