Fórum de Ética em Pesquisa Clínica debate projeto da senadora Ana Amélia

17/08/2015 - Saúde


Parlamentar gaúcha palestrou no evento e falou sobre o PLS 200/2015. Roteiro em São Paulo também incluiu visita ao Instituto do Câncer

Fórum de Ética em Pesquisa Clínica debate projeto da senadora Ana Amélia

Foi realizado nesta segunda-feira, no Instituto Estudo e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, o 13º Fórum de Ética em Pesquisa Clínica. A senadora Ana Amélia (PP-RS) participou do evento e realizou a palestra magna de abertura, onde falou sobre o PLS 200/2015, projeto que apresentou no Senado, ao lado dos senadores Waldemir Moka (PMDB-MS) e Walter Pinheiro (PT-BA), para criar um marco regulatório e agilizar as pesquisas clínicas no Brasil.

O Brasil é um dos mais lentos em relação à liberação de novos protocolos de pesquisas clínicas. Garantir mais rapidez é importante para melhorar a qualidade de vida dos pacientes e obter avanços na área médica, salientou a senadora. A iniciativa foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça do Senado na semana passada e ainda precisa ser aprovada em mais duas comissões da Casa para ser enviada à Câmara.

Na palestra, Ana Amélia também relatou como surgiu essa ideia. Lembrou que o tema começou a ser debatido no Senado em março de 2014, após contato do paciente de câncer de pulmão de Ijuí (RS), Afonso Celso Haas, 56 anos, voluntário em um tratamento da doença, coordenado pelo diretor do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), Fábio Franke. O caso motivou a realização de audiência pública com médicos, pesquisadores, representantes de entidades e do governo federal na Comissão de Assuntos Sociais, onde ficou evidente a burocracia existente no Brasil nesse processo. Os próximos passos foram a criação de um grupo de trabalho e a apresentação do projeto em análise no Senado.

Visita

Fórum de Ética em Pesquisa Clínica debate projeto da senadora Ana Amélia

Ana Amélia também visitou, a convite do diretor-geral, médico oncologista Paulo Hoff, o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp). A instituição pública atende 100% pelo SUS e tem cerca de 50 mil pacientes matriculados em tratamento. A cada mês, recebe mil novos pacientes, informou o diretor. Médicos, professores e pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), além do chefe de gabinete da senadora, Marco Aurélio Ferreira, e do médico Fábio Franke, acompanharam a visita.

Fórum de Ética em Pesquisa Clínica debate projeto da senadora Ana Amélia



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

23 de mai
Em vigor há cinco anos, Lei dos 60 Dias, é tema de audiência no Ministério Público Federal
A Lei dos 60 Dias, que completará cinco anos em novembro, obriga o SUS a começar o tratamento dos pacientes de câncer dois meses após o diagnóstico. Nesta quarta-feira (23), o Ministério Público Federal realizou audiência…

18 de mai
Em Bento Gonçalves, Ana Amélia visita Hospital Tacchini
Em Bento Gonçalves, a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) visitou o Hospital Tacchini, instituição de 94 anos que é referência para mais de 30 municípios da região de Bento Gonçalves e onde 63% dos atendimentos são pelo SUS. A parlamentar foi recebida pelo presidente do Conselho…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail