'Fazem gato e sapato dos brasileiros no Mercosul', diz Ana Amélia

06/10/2015 - Relações Exteriores


Senadora salientou que as relações do Brasil com os vizinhos do Mercosul dificilmente são favoráveis ao nosso país

'Fazem gato e sapato dos brasileiros no Mercosul', diz Ana Amélia

A senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou nesta terça-feira (6) do governo brasileiro alguma medida em favor dos comerciantes gaúchos estabelecidos na fronteira com o Uruguai, que poderão não conseguir vender seus produtos para os moradores do país vizinho.

Ela explicou que, com o real desvalorizado, fica vantajoso para os uruguaios fazer compras do lado brasileiro.

Para proteger os comerciantes de seu país, o governo do Uruguai, a partir desta semana, vai fiscalizar todos os que passam pela fronteira para impedir a entrada de produtos comprados do lado brasileiro, disse Ana Amélia.

Isso, na opinião da senadora, mostra mais uma vez que as relações do Brasil com os vizinhos do Mercosul dificilmente são favoráveis ao nosso país.

— O Brasil continua concentrado, numa limitação ao Mercosul, e nessa hora a gente vê qual é o grau de fraternidade. A Argentina está lá, fazendo barreiras. Não se assina um acordo Mercosul-União Europeia por causa da Argentina. E agora o Uruguai faz isso. Então, fazem gato e sapato dos brasileiros no âmbito do Mercosul, e nós ficamos de boca fechada, não falamos, por conta de amizade. Ora, amigos, amigos, negócios à parte — afirmou.

Ana Amélia lembrou que, quando o real não estava tão desvalorizado, os brasileiros gastaram muito dinheiro nos free shops localizados em cidades uruguaias na fronteira com o Brasil.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


'Fazem gato e sapato dos brasileiros no Mercosul', diz Ana Amélia


Mais notícias:

15 de dez
Ana Amélia cumpre missão oficial a convite do governo japonês
Uma comitiva de sete parlamentares brasileiros visitou o Japão, de 9 a 16 de dezembro, com o intuito de aprofundar as relações com o país asiático e estabelecer um intercâmbio de informações com o alto escalão do governo japonês. A senadora Ana Amélia…

29 de nov
Brasil e Argentina defendem 'harmonia' para barreiras comerciais
As agências de vigilância sanitária do Brasil e da Argentina devem revisar de forma conjunta e harmônica as barreiras não tarifárias que dificultam o comércio entre os dois países. A opinião é de senadores, deputados e especialistas que participaram nesta quarta-feira…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail