Farsul e Federarroz entregam demandas ao ministro da Agricultura

09/11/2017 - Agricultura


Instituições defendem mudanças para equilibrar comércio do arroz no Mercosul

Farsul e Federarroz entregam demandas ao ministro da Agricultura

O presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, e o vice-presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Ferreira, apresentaram ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, demandas do setor para equiparar os custos de produção no Brasil, aos dos países do Mercosul. O encontro com lideranças do setor orizícola com o ministro foi marcado pela senadora Ana Amélia (Progressistas-PR).

O vice-presidente da Farsul, Gedeão Pereira, entregou ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, estudo realizado pela assessoria econômica da Federação sobre os custos de produção no Mercosul. No Brasil, a produção é, em média, 55% mais cara que nos demais países. Alguns insumos agrícolas chegam a diferença de preços superior a 200%. 

— A diferença é tão gritante que uma borracha de vedação de máquina agrícola custa R$ 360 no Brasil e apenas R$ 25 na Argentina — afirmou a senadora.

Para evitar concorrência predatória, a parlamentar ponderou ao ministro Blairo que o governo deve procurar soluções para a diferença de tributos para equilibras os custos de produção do brasil aos dos demais países do Mercosul.

O ministro garantiu que irá repassar o estudo para todas as áreas da pasta e também para setores do governo, como o Ministério da Fazenda e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Também participaram da reunião a senadora Ana Amélia Lemos, os deputados federais, Luis Carlos Heinze (Progressistas-RS), Covatti Filho (Progressistas-RS) e Alceu Moreira (PMDB-RS), além de representantes da Federarroz e Irga.

Farsul e Federarroz entregam demandas ao ministro da Agricultura

Farsul e Federarroz entregam demandas ao ministro da Agricultura

Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

11 de dez
Senado aprova novo limite para compra de leite de pequenos agricultores
O Plenário aprovou emenda da Câmara dos Deputados ao projeto que estabelece um novo limite de aquisição de leite no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal (ECD 1/2018). Conforme o texto aprovado, o limite mínimo passa a…

5 de dez
Aprovada urgência para projeto que garante compra mínima de leite de agricultores familiares
O Plenário vota na próxima terça-feira (11) o projeto que obriga o governo federal a realizar compras mínimas de leite produzido por agricultores familiares. O texto em pauta assegura a aquisição de pelo menos 35 litros por dia. O autor…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail