Falar em "conluio" para condenar Lula é desrespeitar as instituições, diz senadora

07/02/2018 - Geral


Senadora também elogiou a declaração do recém empossado presidente do TSE, Luiz Fux, de que candidato condenado em segunda instância é "irregistrável"

Falar em

Em pronunciamento nesta quarta-feira (7), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) afirmou que falar em conluio de autoridades da Polícia Federal, de integrantes do Ministério Público, do Poder Judiciário, além de dezenas de testemunhas, para condenar o ex-presidente Lula no caso do triplex no Guarujá é desrespeitar as instituições e a própria sociedade brasileira, que exige que a lei seja igual para todos.

— Nessa sentença exarada por três desembargadores, um colegiado, a pena foi unânime. Então nós não podemos é ficar o tempo todo e todo o tempo com a mesma ladainha, de que isso não é uma sentença justa — frisou.

Ana Amélia ainda elogiou o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, que disse que será "irregistrável" nas eleições de 2018 a candidatura de qualquer pessoa que não for qualificada como ficha-limpa.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Narrativa surrada da "perseguição" é desrespeito às instituições, diz Ana Amélia


Mais notícias:

25 de jan
Em vídeo nas redes sociais, Ana Amélia se despede do Senado
A senadora gaúcha Ana Amélia (Progressistas) divulgou vídeo nesta sexta-feira (25) despedindo-se do mandato no Senado Federal. A partir de março a parlamentar assume a Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e Internacionais do Rio Grande do Sul. No vídeo, Ana Amélia mostra o…

23 de jan
Lei que destina recursos a programa de eficiência energética é sancionada
Foi aprovada Lei 13.280/2016, que reserva 20% dos recursos das empresas de energia elétrica destinados à eficiência energética para aplicação no Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). O programa promove a racionalização do consumo, por meio de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail