Em vez de aumentar impostos, governo precisa cortar a gastança, afirma Ana Amélia

09/09/2015 - Economia


Senadora enfatizou que a sociedade não suporta mais ser penalizada pelo descontrole da gestão federal

Em vez de aumentar impostos, governo precisa cortar a gastança, afirma Ana Amélia

Em vez de aumentar impostos, o governo precisa mostrar que está cortando a gastança. A afirmação foi feita pela senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (9), na tribuna do Senado. A parlamentar gaúcha enfatizou que a sociedade não suporta mais ser penalizada pelo descontrole da gestão federal.

— O Governo gastou demais, mas sem qualidade. A saúde continua deteriorada, o problema da segurança continua, a deficiência na infraestrutura, as dificuldades na educação, sem Pronatec, sem Prouni, sem Fies. Todos estão impacientes com a situação, com a crise federativa, com a quebra dos Estados, com a quebra dos Municípios, com a quebra da União, que está com um déficit de R$30 bilhões — declarou a senadora.

Ana Amélia destacou os artigos da jornalista Rosane Oliveira, no jornal Zero Hora, e do economista Delfim Netto, na Folha de S.Paulo, em que ambos questionam o governo por não cortar gastos e propor a elevação de impostos para cobrir o aumento das despesas públicas. A senadora lamentou ainda que o governo ainda não anunciou medidas claras para redução de despesas.

— Em nenhum momento, a não ser numa referência leve e breve de que serão cortados dez ministérios. Quais ministérios? Que economia vai acontecer nisso? É essa insegurança que também aumenta as dificuldades dos investidores — afirmou a parlamentar gaúcha.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia enfatiza que em vez de aumentar impostos, governo precisa cortar a gastança


Mais notícias:

17 de abr
Modernização das leis trabalhistas é tema de debate promovido pelas federações das indústrias dos estados do Sul
No painel que debateu a modernização das leis trabalhistas, no 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho, nesta segunda-feira (17), a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu o fim da contribuição sindical obrigatória para empresários e…

30 de mar
Sindicato apresenta estudo sobre impacto da correção das tabelas do Imposto de Renda na economia
Um estudo inédito realizado pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio Grande do Sul (Sescon-RS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) revela que, dos R$ 97 bilhões arrecadados pelo…

Ana Amélia pede agilidade na liberação de recursos do Proex
Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (29), a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou do governo mais agilidade em relação às operações do Programa de Financiamento às Exportações do Governo Federal (Proex). A morosidade nos processos tem prejudicado exportadores brasileiros, disse a parlamentar, lembrando…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail