Em vez de aumentar impostos, governo precisa cortar a gastança, afirma Ana Amélia

09/09/2015 - Economia


Senadora enfatizou que a sociedade não suporta mais ser penalizada pelo descontrole da gestão federal

Em vez de aumentar impostos, governo precisa cortar a gastança, afirma Ana Amélia

Em vez de aumentar impostos, o governo precisa mostrar que está cortando a gastança. A afirmação foi feita pela senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (9), na tribuna do Senado. A parlamentar gaúcha enfatizou que a sociedade não suporta mais ser penalizada pelo descontrole da gestão federal.

— O Governo gastou demais, mas sem qualidade. A saúde continua deteriorada, o problema da segurança continua, a deficiência na infraestrutura, as dificuldades na educação, sem Pronatec, sem Prouni, sem Fies. Todos estão impacientes com a situação, com a crise federativa, com a quebra dos Estados, com a quebra dos Municípios, com a quebra da União, que está com um déficit de R$30 bilhões — declarou a senadora.

Ana Amélia destacou os artigos da jornalista Rosane Oliveira, no jornal Zero Hora, e do economista Delfim Netto, na Folha de S.Paulo, em que ambos questionam o governo por não cortar gastos e propor a elevação de impostos para cobrir o aumento das despesas públicas. A senadora lamentou ainda que o governo ainda não anunciou medidas claras para redução de despesas.

— Em nenhum momento, a não ser numa referência leve e breve de que serão cortados dez ministérios. Quais ministérios? Que economia vai acontecer nisso? É essa insegurança que também aumenta as dificuldades dos investidores — afirmou a parlamentar gaúcha.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia enfatiza que em vez de aumentar impostos, governo precisa cortar a gastança


Mais notícias:

16 de ago
Artigo no Correio do Povo: Justiça fiscal e benefício social
Em artigo no Correio do Povo, nesta terça-feira (15), a senadora Ana Amélia (P-RS) destacou a PEC que apresentou no Senado para que os estados uniformizem as alíquotas do ICMS sobre os produtos da cesta básica nacional. A proposta, avalia a parlamentar, é…

10 de jul
Má gestão dos governos petistas resulta em prejuízo para 220 mil trabalhadores e aposentados, lembra Ana Amélia
Até o fim do ano, 220 mil trabalhadores e aposentados das estatais terão descontos em seus salários ou benefícios sociais para arcar com o prejuízo da má gestão nos fundos de pensão nos governos petistas. A…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail