Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista

18 de ago - Geral


Desoneração do setor foi uma das pautas tratadas na reunião

Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista

Em roteiro no Vale dos Sinos nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS), esteve reunida em Nova Hartz com o prefeito, Flavio Jost, e representantes do setor calçadista que apresentaram os principais desafios enfrentados para empreender. A mais insistente demanda é que as indústrias estão sendo multadas pelos fiscais do trabalho por não ter condições de cumprir a cota de pessoas com deficiência. Mesmo que invistam em publicidade para atrair candidatos, não conseguem cumprir o que determina a lei porque, muitas vezes, pessoas com deficiência, por já receberem benefício social, não se candidatam às vagas existentes. 

Outra preocupação apresentada pelos empresários é com a reoneração do setor. No início do ano,  governo havia apresentado a MP 774 que reonerava setores produtivos. Como no começo de agosto a MP  foi revogada, manteve-se a desoneração. Agora, a expectativa é que o governo envie uma nova MP ao Congresso sobre o mesmo tema. O setor está preocupado porque, em função da crise, houve redução da produção pela retração no mercado interno, com a queda de consumo, aliada a problemas na arrecadação relacionados a variação cambial. Ana Amélia também colocou seu gabinete à disposição do prefeito, Flavio Emilio Jost Jost, para as demandas do município.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

9 de nov
“Criminosos que destruíram fazenda na Bahia têm que responder pelos 100 desempregados”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) leu nesta quinta-feira (9), no Plenário do Senado, uma carta que recebeu de Rogério Aranibar, funcionário do grupo Igarashi cuja planta, em Correntina, no Oeste da Bahia, foi destruída por criminosos…

8 de nov
Congresso derruba um veto de Temer e mantém outros três
O Congresso rejeitou nesta quarta-feira (8) o veto do presidente Michel Temer a uma lei que convalida incentivos concedidos a empresas pelos governos estaduais. Outros três vetos foram mantidos pelos parlamentares, e cinco serão votados em nova sessão conjunta, marcada para dia 22…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail