Em Ivoti, prefeito e lideranças agradecem apoio de senadora

30/07/2018 - Municípios


Atuação da parlamentar na área de Saúde foi destacada

Em Ivoti, prefeito e lideranças agradecem apoio de senadora

Em roteiro no Vale do Sinos nesta segunda-feira (30), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) esteve em Ivoti, onde foi recebida pelo prefeito Martin Kalkmann e por lideranças da região. A senadora do Rio Grande do Sul reafirmou seu compromisso com o municipalismo e com o setor coureiro-calçadista, que gera emprego e renda no Vale dos Sinos.

No Senado, Ana Amélia conseguiu evitar que o Governo Federal reduzisse o imposto de importação dos calçados esportivos, medida negativa para o setor calçadista, que impactaria negativamente a economia e a geração de empregos no Vale do Sinos, principal região produtora do Rio Grande do Sul.

O prefeito Martin Kalkmann agradeceu o apoio da senadora nas demandas locais, principalmente nas áreas de saúde, infraestrutura e agricultura.  Na reunião, que contou com a presença de secretários, vereadores, representantes de entidades, da Segurança Pública, da Liga de Combate ao Câncer, da Colônia Japonesa e de empreendedores, o administrador do Hospital São José, Guilherme Constant agradeceu o apoio e prestou contas dos recursos enviados pelo gabinete da parlamentar, utilizados na modernização do sistema de informática do hospital. Também presente na reunião, o prefeito de Lindolfo Collor, William Winck, agradeceu o tratamento que sempre recebeu quando precisou do gabinete da senadora gaúcha, especialmente na área da saúde.

Na conversa com representantes da Liga, Ana Amélia lembrou leis das quais foi autora e relatora voltadas para o combate a essa doença grave. Entre elas a Lei da Quimioterapia Oral, já em vigor, que obriga planos de saúde a pagarem o medicamento de uso oral aos pacientes. Outra lei importante, essa de relatoria da parlamentar gaúcha, garante o início do tratamento do câncer, pelo Sus, até 60 dias após o diagnóstico da doença. Também está em vigor, de autoria de Ana Amélia, a lei que prevê mamógrafos adaptados na rede pública para o atendimento de mulheres com deficiência.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

20 de mar
Ministro avaliará andamento de pedidos dos municípios afetados pelas enchentes
O Ministério do Desenvolvimento Regional irá avaliar o andamento dos pedidos dos 39 municípios que recorreram à Defesa Civil para recuperar os estragos causados pelas enchentes em janeiro. Em reunião com a bancada federal gaúcha, nesta quarta-feira, o ministro…

12 de mar
Senado aprova PLS que reconhece Lagoa Vermelha (RS) como a Capital do Churrasco
                                                              …

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail