Diretor-geral da Organização Mundial do Comércio apresenta expectativas para a Rodada de Doha

28/05/2015 - Agricultura


Comitiva brasileira foi recebida por Roberto Azevêdo em Genebra nesta quinta-feira

Diretor-geral da Organização Mundial do Comércio apresenta expectativas para a Rodada de Doha

Em reunião na Organização Mundial do Comércio (OMC), nesta quinta-feira (28), o diretor-geral Roberto Azevêdo apresentou à ministra da Agricultura, Kátia Abreu, as expectativas para a Rodada de Doha. O plano na OMC é concluir as negociações relativas a barreiras comerciais em dezembro, na conferência de ministros em Nairobi (Quênia).

Presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado, a senadora Ana Amélia (PP-RS) acompanhou o debate. Os senadores Lasier Martins (PDT-RS) e Antonio Anastasia (PSDB-MG) e o deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) também participaram da reunião na OMC. A comitiva brasileira foi recebida pelo embaixador brasileiro na OMC, Marcos Galvão.

Kátia Abreu deixou claro que o Brasil está pronto para a negociação final, mas insistiu que o foco central é a agricultura. A ministra enfatizou a importância de avançar nos três pilares da negociação agrícola, que são acesso a mercado e redução de subsídios a exportação e de subsídios domésticos bilionários em mercados ricos.

Depois do encontro com Roberto Azevêdo, a ministra recebeu os embaixadores da Índia, China, África do Sul e Rússia, que integram o grupo dos Brics. A ministra Kátia fez um relato do protagonismo da agropecuária brasileira e recebeu apoio dos países membros deste grupo com a agenda da agricultura.

A representante da Índia mostrou ceticismo em relação à possibilidade de avanços na Rodada Doha, lembrando a complexidade do processo. Segundo ela, não há clareza sobre as demandas dos grande países. Mesma posição foi tomada pela África do Sul, enquanto Rússia e China se mostraram mais otimistas em relação a avanços nesse processo.

O embaixador chinês apresentou mensagem especial do ministro da Agricultura do país, que esteve na semana passada em Brasília integrando a comitiva oficial do primeiro-ministro ao Brasil. Todos elogiaram muito o trabalho do embaixador brasileiro na OMC, Marcos Galvão. Em seguida, a ministra recebeu os embaixadores da Austrália, Nova Zelândia, Japão, EUA, União Europeia, Argentina e Quênia.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

9 de nov
Farsul e Federarroz entregam demandas ao ministro da Agricultura
O presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, e o vice-presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Ferreira, apresentaram ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, demandas do setor para equiparar os custos de produção no Brasil, aos dos países do Mercosul.…

8 de nov
Senadora garante apoio à demanda dos produtores brasileiros de cebola
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) vai solicitar o apoio dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, do Planejamento, Dyogo Oliveira, e da Agricultura, Blairo Maggi, ao pedido da Associação Nacional dos Produtores de Cebola (ANACE) para aumentar de 10% para 35%…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail