"Dinheiro consumido pela corrupção poderia atender brasileiros que estão nas filas dos hospitais", diz senadora

15/09/2017 - Saúde


Senadora participou nesta sexta-feira do 2º Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina

Foi concluído nesta sexta-feira (15) o 2º Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina, promovido pelo CFM, na sede do Cremers, em Porto Alegre. Ao participar do painel de encerramento do evento, a senadora Ana Amélia (PP-RS) falou sobre a grave crise política e institucional pela qual passa o país.

A parlamentar destacou que não podemos mais tolerar a corrupção e nem terceirizar a ética. Acrescentou que toda relação humana e institucional precisa ter padrões e referências de respeito e de dignidade.

— O dinheiro que é consumido pela corrupção falta para atender os milhares de brasileiros que aguardam na fila dos hospitais — disse a senadora.

Ana Amélia também ouviu manifestações de apoio de médicos presentes ao evento em relação a projetos de sua autoria no Senado, onde a área da saúde está entre as prioridades, com atenção especial à oncologia.

— Foi confortante ouvir as manifestações de apoio da classe médica ao meu trabalho legislativo em benefício da saúde pública no país — avaliou a parlamentar.

Entre as iniciativas da senadora mencionadas no encontro estão a lei obrigando planos de saúde a fornecer para os clientes medicamentos de uso oral no tratamento do câncer, de autoria da parlamentar, e a lei que exige do SUS a reparação da mama na mesma cirurgia para retirada do tumor, da qual foi relatora.

Também fizeram parte da mesa integrada pela senadora o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, o presidente do Conselho Federal de Medicina, Carlos Vital Corrêa Lima, e do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers), Fernando Weber Matos.



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

17 de out
Aprovado relatório final da Subcomissão Especial sobre Doenças Raras
Instalada em agosto de 2017, a Subcomissão Especial sobre Doenças Raras foi presidida pelo senador Waldemir Moka (PMDB-MS), autor do requerimento para a criação do colegiado, aprovou o relatório final que propõe iniciativas para promoção e defesa dos direitos das pessoas com…

16 de out
Receita para medicamento controlado terá validade em todo o território nacional
O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (16), a validade nacional das receitas de medicamentos controlados e manipulados. Conforme o texto do substitutivo da Câmara dos Deputados (SCD 4/2018) ao Projeto de Lei do Senado 325/2012, a receita médica ou odontológica…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail