Derivados de produtos perecíveis poderão ser incluídos na política de preço mínimo

29/11/2017 - Agricultura


Projeto da senadora Ana Amélia possibilita preço mínimo para vinhos e sucos

Derivados de produtos perecíveis poderão ser incluídos na política de preço mínimo

Atendendo demanda do setor vitivinícola, a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) apresentou nesta semana, na Comissão de Agricultura do Senado, o projeto de lei (PLS) 463/2017, que inclui os derivados de produtos perecíveis de origem vegetal na política de preço mínimo. Atualmente, produtores de vinho ou de suco, por exemplo, precisam calcular o excedente do que será vendido para o governo fazendo a conversão do preço do quilo da uva industrial.

Na justificativa a parlamentar argumenta que a uva, por ser perecível, só pode ser estocada após o seu processamento, seja como mosto concentrado, suco ou vinho. O projeto atende uma das demandas apresentadas pelo presidente do Ibravin, Carlos Paviani, em reunião da Frente Nacional de Frente Parlamentar de Defesa e Valorização da Produção Nacional de Uvas, Vinhos, Espumantes e Derivados, no final de outubro. 

A Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) faz parte das ações governamentais para a aquisição de produtos excedentes do mercado, corrigindo distorções de preços ao produtor. O objetivo é permitir o sustento da renda no campo, garantindo uma remuneração mínima pela colheita.

O Brasil é o 14° maior produtor de vinhos no mundo: 32 milhões de litros por ano. O Rio Grande Sul é responsável por 90% do vinho brasileiro,  são 14 mil produtores de uva em 675 vinícolas. Ao todo, o Brasil tem 1.110 vinícolas, de acordo com o Ibravin.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

20 de jul
Crise no setor leiteiro é abordada por Ana Amélia durante evento em Três de Maio
No encontro com lideranças de Três de Maio e da região da Grande Santa Rosa nesta sexta-feira (20), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) destacou a crise que afetou o setor leiteiro. No Senado, a parlamentar, que…

3 de jul
Debate na CRA aponta falhas em programa de amparo a agricultores familiares
Criar mecanismo de capacitação dos agricultores familiares para enfrentar longos períodos de estiagem na região nordeste e montar um sistema de cruzamento de dados para evitar fraudes no Programa Garantia Safra foram algumas das sugestões apresentadas na audiência pública…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail