Deputada do Mato Grosso é a nova presidente da Frente Parlamentar Agropecuária

21 de fev - Agricultura


Senadora Ana Amélia, integrante da FPA, desejou êxito à gestão de Tereza Cristina (MT/DEM)

Deputada do Mato Grosso é a nova presidente da Frente Parlamentar Agropecuária

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) tem nova diretoria. A cerimônia de posse do grupo formado por 27 senadores e 209 deputados foi realizada nesta terça-feira (20). A deputada Tereza Cristina (DEM/MS) assume a presidência, no lugar do deputado Nilson Leitão (PSDB/MT), que assumiu a liderança do partido na Câmara dos Deputados.No comando da FPA, Tereza deixa o cargo de vice-presidente, posição que ocupou em 2017.

A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) acompanhou parte do evento até retornar para o Senado, onde ocorria a votação do decreto de intervenção federal no Rio de Janeiro. No tempo em que permaneceu no evento, a parlamentar conversou com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi e demais lideranças de órgãos como Embrapa, ministério do Trabalho e Casa Civil da Presidência da República. Ao cumprimentar a deputada Tereza Cristina, desejou êxito na gestão para que possam ser obtidos avanços nos temas prioritários para o Agro.

Segundo informações da FPA, em sua gestão, a deputada quer incluir na pauta de discussões políticas públicas mais eficientes ao desenvolvimento do agronegócio nacional, com uma proposta mais consolidada para obtenção de financiamento à produção agrícola no país, bem como novas fontes de renda e investimento aos produtores rurais.

— O principal objetivo é reduzir a dependência do crédito agrícola oficial, dando mais estabilidade e fôlego ao setor produtivo que garante o abastecimento e a segurança alimentar de milhares de brasileiros diariamente. Os produtores precisam ter sua renda garantida em detrimento da expressiva produtividade que alcançam — ressalta Tereza Cristina.

A deputada também vai dar prioridade à modernização das leis vigentes sobre defensivos agrícolas, licenciamento ambiental e aquisição de terras por empresas brasileiras com maior capital estrangeiro.

— Só é possível garantir segurança jurídica e competitividade ao setor se buscarmos modificar a legislação atual. Essa não acompanhou os avanços conquistados ao longo dos anos. São leis defasadas e que travam o desenvolvimento social e econômico do Brasil — afirma a nova presidente.

Demarcação de terras indígenas e quilombolas, além da produção agrícola para os índios são temas que merecem ainda destaque na atuação da Frente.

A solenidade contou com a presença dos governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do presidente da Câmara, Rodrigo Maia; dos ministros Blairo Maggi (Agricultura), Sarney Filho (Meio Ambiente), Carlos Marun (Secretaria de Governo), Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), dentre outras autoridades federais, além de diversos parlamentares e entidades do setor agropecuário.

Em seu discurso final de agradecimento, o ex-presidente da FPA, novo líder do PSDB na Câmara, deputado Nilson Leitão (PSDB/MT), lembrou dos avanços alcançados em sua gestão, os desafios ainda enfrentados pelos produtores rurais e as prioridades que o setor deve buscar. “É preciso transformar o Brasil num país com espaço para todos, principalmente a quem produz e sustenta o país. Precisamos buscar o que dignifica o homem: o emprego. E é isso que essa Frente faz. Obrigado pelo apoio que recebi e por tudo que avançamos”, disse o deputado.

Perfil – Antes de se apresentar como candidata à Câmara dos Deputados, a engenheira agrônoma, graduada na Universidade Federal de Viçosa (MG), foi cotada para concorrer ao governo de seu Estado. No Mato Grosso do Sul, ocupou como gerente-executiva quatro secretarias: Planejamento, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo. No último ano, ocupou a liderança do PSB na Câmara dos Deputados.

Deputada do Mato Grosso é a nova presidente da Frente Parlamentar Agropecuária


Com informações da Frente Parlamentar de Agropecuária


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

14 de ago
CNA apresenta projeto para impulsionar setores estratégicos
Na visita da senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) à Confederação Nacional da Agricultura (CNA), nesta terça-feira (14), o presidente João Martins apresentou projetos para incrementar setores estratégicos da pecuária. Entre eles, o plano para tornar o Brasil um exportador de leite em pó. Ele informou que está…

7 de ago
Entidades ligadas à agricultura debatem MP com senadores
Agricultores familiares, filiados à Contag e Fetraece, foram recebidos pelo presidente do Senado, Eunício de Oliveira, nesta terça-feira (07) pedindo cuidado na análise da Medida Provisória (MP) 842/2018. A medida concede rebate para liquidação de operações de crédito rural do Pronaf. A senadora Ana Amélia…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail