Decisão do STF concedendo liminar para o RS na questão da dívida é abordada pela senadora na tribuna

12/04/2016 - Economia


Ana Amélia alertou para a grave crise federativa no País

Decisão do STF concedendo liminar para o RS na questão da dívida é destacada pela senadora na tribuna

“A crise federativa é grave”, alertou a senadora Ana Amélia (PP-RS), ao explicar que é latente o risco de quebra financeira da União, estados e municípios. Diante desse quadro, Ana Amélia destacou liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que impede que o Rio Grande do Sul seja punido por ter pago à União um valor menor da parcela da dívida. A liminar modifica a forma de cálculo dos juros das dívidas estaduais com o Tesouro Nacional. Decisão semelhante já havia beneficiado Santa Catarina, na semana passada. 

Se o Supremo mantiver a decisão, as dívidas estaduais serão corrigidas por juros simples e não mais por juros sobre juros, explicou a senadora. Os valores a serem pagos pelo RS, por exemplo, podem cair de R$ 51 bilhões para cerca de R$ 3 bilhões.

Ana Amélia lembrou do empenho dos senadores na questão da dívida e advertiu que outro problema vai agravar ainda mais a situação de estados e municípios. É que o Brasil teve o sexto pior desempenho econômico no ano, com uma queda de 3,8% no produto interno bruto (PIB), conforme levantamento divulgado nesta terça-feira pelo Fundo Monetário Internacional.

— Isso agrava a situação de dificuldade financeira, por que de onde vem os impostos senão de uma economia mais ativa? Mas com 10 milhões de desempregados, já vemos a sinalização perversa do impacto que é a queda na produção industrial, no comércio, de todos os setores. É necessário e urgente rediscutir o pacto federativo. Esta casa precisa se debruçar sobre isto, caso contrário, vamos ter a falência da federação.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia alerta para gravidade da crise federativa


Mais notícias:

11 de abr
Impactos de medidas ao setor calçadista serão debatidos em audiência no Senado
Preocupada com as consequências econômicas e sociais negativas para o setor calçadista brasileiro de uma possível redução do imposto de importação dos calçados esportivos, especialmente em relação à perda de empregos, a senadora Ana Amélia…

OCB lança Agenda Institucional 2018 de cooperativismo
A Agenda Institucional 2018 do Cooperativismo foi apresentada pela OCB nesta quarta-feira (11), pelo Sistema OCB, com propostas legislativas para alavancar o setor e garantir segurança jurídica aos cooperados. A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), vice-presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo esteve no evento e destacou compromisso…

3 de abr
Congresso derruba veto ao Refis das micros e pequenas empresas
O Congresso derrubou nesta terça-feira (3) o veto ao projeto que instituía o Refis para micros e pequenas empresas. O  programa de refinanciamento, permitido às empresas que optaram pelo Simples, regime simplificado de tributação, havia sido aprovado pelo Senado no final de 2017.…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail