Crise no RS é herança de uma gestão irresponsável, avalia Ana Amélia

24/11/2016 - Economia


Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade financeira

Crise no RS é herança de uma gestão irresponsável, avalia Ana Amélia

Ao comentar o decreto de estado de calamidade financeira do Rio Grande do Sul na tribuna, nesta terça-feira (22), a senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que a decisão tomada pelo atual governador, José Ivo Sartori (PMDB), é o resultado de uma herança que recebeu de um governo que gastou irresponsavelmente e promoveu um déficit nas contas do Estado acima da média.

Ana Amélia citou que o governo anterior, de Tarso Genro (PT), recebeu o Estado com um superávit de R$ 142 milhões, mas entregou, quatro anos depois, com um déficit de R$ 4,4 bilhões. Além disso, realizou saques do caixa único e dos depósitos judiciais que totalizaram mais de R$ 7 bilhões. Os números apresentados pela parlamentar foram divulgados em matéria do jornal Zero Hora.

— Esses números deixam muito claro o que está acontecendo hoje no Rio Grande do Sul e a consequência dramática das finanças como a herança da irresponsabilidade fiscal de quem faz um saque de R$ 7 bilhões — disse a senadora.

A senadora acrescentou que gestão pública de qualidade e responsabilidade fiscal não podem ter ideologia, apenas competência e responsabilidade com o dinheiro público.

— Gastar muito não é gastar bem. Por isso, é preciso gastar com responsabilidade e investir com qualidade o dinheiro público — acrescentou.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Crise no RS é resultado da herança de irresponsabilidade do PT, diz Ana Amélia


Mais notícias:

11 de abr
Impactos de medidas ao setor calçadista serão debatidos em audiência no Senado
Preocupada com as consequências econômicas e sociais negativas para o setor calçadista brasileiro de uma possível redução do imposto de importação dos calçados esportivos, especialmente em relação à perda de empregos, a senadora Ana Amélia…

OCB lança Agenda Institucional 2018 de cooperativismo
A Agenda Institucional 2018 do Cooperativismo foi apresentada pela OCB nesta quarta-feira (11), pelo Sistema OCB, com propostas legislativas para alavancar o setor e garantir segurança jurídica aos cooperados. A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), vice-presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo esteve no evento e destacou compromisso…

3 de abr
Congresso derruba veto ao Refis das micros e pequenas empresas
O Congresso derrubou nesta terça-feira (3) o veto ao projeto que instituía o Refis para micros e pequenas empresas. O  programa de refinanciamento, permitido às empresas que optaram pelo Simples, regime simplificado de tributação, havia sido aprovado pelo Senado no final de 2017.…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail