Crise no RS é herança de uma gestão irresponsável, avalia Ana Amélia

24/11/2016 - Economia


Rio Grande do Sul decretou estado de calamidade financeira

Crise no RS é herança de uma gestão irresponsável, avalia Ana Amélia

Ao comentar o decreto de estado de calamidade financeira do Rio Grande do Sul na tribuna, nesta terça-feira (22), a senadora Ana Amélia (PP-RS) disse que a decisão tomada pelo atual governador, José Ivo Sartori (PMDB), é o resultado de uma herança que recebeu de um governo que gastou irresponsavelmente e promoveu um déficit nas contas do Estado acima da média.

Ana Amélia citou que o governo anterior, de Tarso Genro (PT), recebeu o Estado com um superávit de R$ 142 milhões, mas entregou, quatro anos depois, com um déficit de R$ 4,4 bilhões. Além disso, realizou saques do caixa único e dos depósitos judiciais que totalizaram mais de R$ 7 bilhões. Os números apresentados pela parlamentar foram divulgados em matéria do jornal Zero Hora.

— Esses números deixam muito claro o que está acontecendo hoje no Rio Grande do Sul e a consequência dramática das finanças como a herança da irresponsabilidade fiscal de quem faz um saque de R$ 7 bilhões — disse a senadora.

A senadora acrescentou que gestão pública de qualidade e responsabilidade fiscal não podem ter ideologia, apenas competência e responsabilidade com o dinheiro público.

— Gastar muito não é gastar bem. Por isso, é preciso gastar com responsabilidade e investir com qualidade o dinheiro público — acrescentou.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Crise no RS é resultado da herança de irresponsabilidade do PT, diz Ana Amélia


Mais notícias:

17 de abr
Modernização das leis trabalhistas é tema de debate promovido pelas federações das indústrias dos estados do Sul
No painel que debateu a modernização das leis trabalhistas, no 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho, nesta segunda-feira (17), a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu o fim da contribuição sindical obrigatória para empresários e…

30 de mar
Sindicato apresenta estudo sobre impacto da correção das tabelas do Imposto de Renda na economia
Um estudo inédito realizado pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio Grande do Sul (Sescon-RS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) revela que, dos R$ 97 bilhões arrecadados pelo…

Ana Amélia pede agilidade na liberação de recursos do Proex
Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (29), a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou do governo mais agilidade em relação às operações do Programa de Financiamento às Exportações do Governo Federal (Proex). A morosidade nos processos tem prejudicado exportadores brasileiros, disse a parlamentar, lembrando…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail