Correio do Povo: "Luz sobre os fundos de pensão", artigo da senadora Ana Amélia

21/06/2015 - Economia


Parlamentar, em texto publicado neste domingo (21) no jornal Correio do Povo, cobrou a indicação dos nomes para que a CPI dos Fundos de Pensão inicie os trabalhos no Senado

Correio do Povo: Luz sobre os fundos de pensão, artigo da senadora Ana Amélia


É injustificável a demora na indicação dos nomes que deverão integrar a CPI dos Fundos de Pensão, requerida em maio. Essa manobra, no entanto, não diminuirá as chances de se lançar mais luz sobre a nebulosa gestão da maioria dos fundos estatais de previdência complementar. 

Mais que um dever institucional e ético, essa comissão parlamentar de inquérito foi criada com o objetivo de ampliar a transparência e reduzir as influências políticas, enraizadas na administração atual que, em vez de profissionalizar essas áreas técnicas, optou pelo aparelhamento partidário, revelando um enorme equívoco de gestão. São muitas as dúvidas sobre a administração de recursos desses fundos. 

Quem viu quebrar a Varig, uma das maiores e mais conhecidas companhias aéreas privadas do mundo, fundada no Rio Grande do Sul, sabe o quão devastador é o descuido em relação à gestão pública e à administração dos recursos da previdência complementar. Com a liquidação do fundo Aerus, mais de 1,3 mil aposentados e pensionistas de companhias aéreas morreram sem ter assegurado o direito à integralidade de seus benefícios. O calvário de muitos aposentados e pensionistas ainda persiste, em meio à judicialização e aos pagamentos atrasados de benefícios. 

Por causa de aplicações malfeitas, os prejuízos do fundo dos funcionários da Petrobras, por exemplo, superaram R$ 9 bilhões, no ano passado, segundo estimativas dos próprios participantes do Petros. As irregularidades, por isso, se acumulam e ameaçam perigosamente a gestão de outros grandes fundos, como Postalis e Funcef. Transparência e boa governança são requisitos essenciais para essas instituições porque representam importante fonte de poupança que contribui para o desenvolvimento do país. 

A CPI requerida pelos senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e por mim (PPRS) pretende tão somente dar transparência a esse importante sistema. A sociedade e os trabalhadores das estatais que confiaram suas poupanças aosfundos de pensão têm o direito de saber como esses recursos estão sendo administrados.



http://www.anaamelialemos.com.br/imprensas/correio_do_povo_luz_sobre_os_fundos_de_pensao

Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

5 de out
Burocracia e taxa de juros são barreiras para pequenas e micro empresas
Sessão no Senado Federal, nesta quinta-feira (5), celebrou o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. A senadora Ana Amélia (PP-RS), membro da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, participou da cerimônia e reafirmou seu apoio a…

30 de set
Segmentos de joias, relógios e óptica inovam em plena crise
De 28 a 30 de setembro, os visitantes da Ajorsul Fair Mercoóptica conheceram as inovações que os setores de joias, relógio e óptica estão utilizando. A senadora Ana Amélia (PP-RS) participou do último dia da exposição, realizada em Gramado. Ao lado do presidente…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail