Cooperativismo é tema de audiência durante a Fenasoja em Santa Rosa

29/04/2016 - Agricultura


Audiência foi promovida pela Comissão da Agricultura e Reforma Agrária

Cooperativismo é tema de audiência durante a Fenasoja em Santa Rosa

A cidade de Santa Rosa recebeu nessa sexta-feira audiência pública da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado, durante a 21ª Fenasoja. O tema debatido foi “O cooperativismo que vence a crise”, reunindo autoridades do setor, parlamentares, produtores e cooperados.  

A presidente da CRA, senadora Ana Amélia (PP-RS), destacou a importância do trabalho das cooperativas e enfatizou que elas precisam de mais apoio por parte do poder público.

— É necessário investimento em gestão, em inovação mas sobretudo em assistência técnica. O agricultor é forte, corajoso mas quanto mais conhecimento e tecnologia avançada tiver a sua disposição, mais chances terá de aumentar a sua produtividade, e claro, a sua própria renda — afirmou.

A força do trabalho cooperativo no Rio Grande do Sul ficou evidenciado nas palavras de Paulo Pires, presidente da Fecoagro. Segundo ele, as cooperativas gaúchas contam com 393 mil associados e 27 mil funcionários. Além disso, nos últimos três anos, o faturamento tem aumentando em 11%.

— Uma das maiores responsabilidades para os próximos anos, e que tem total apoio da Fecoagro, é a maior assistência técnica para as cooperativas e aumentar a eficiência do trabalho nos Portos, o que reflete diretamente no retorno financeiro do produtor — destacou. 

O presidente da Organização das Cooperativas do Rio Grande do Sul (Ocergs), Vergilio Perius, apresentou números positivos do setor. Segundo dados da FEE, lembrados por ele na audiência, os salários médios das cooperativas são maiores que o das empresas privadas. Perius destacou também a união entre os trabalhadores, o que é fundamental para que o sistema cooperativista prospere.

— Os indicadores dos mapas mundiais de crescimento do cooperativismo sempre apontam que o sistema cresce na crise, nunca na riqueza, porque é nesses momentos que as pessoas se unem — disse. O presidente da Ocergs apresentou dados que comprovam o crescimento do setor, investimentos feitos nos últimos anos e o aumento de empregos gerados pelo sistema cooperativista.

Também presente no debate, o deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP-RS), afirmou que o cooperativismo é o futuro da atividade econômica. Na mesma linha, Eduíno Wilcom, que está à frente de uma das cooperativas mais antigas de Santa Rosa, disse que o grande valor desse sistema está em garantir ganhos econômicos e mantes o homem no campo.

— O cooperativismo é capaz de unir desenvolvimento econômico e bem-estar social. Nosso papel é desenvolver cada vez mais esse sistema — argumentou.

Setores como saúde e educação também são exemplos de onde o sistema cooperativista dá certo. Atualmente já existem 11 hospitais de cooperativas e esse ano estão sendo construídos mais quatro. 

O reitor da Unijuí, Martinho Kelm frisou a importância do sistema cooperativista na área da educação, citando cursos de formação, graduação e capacitação que são fruto dessa parceria. 

Esta foi a sétima audiência da CRA no Rio Grande do Sul desde que a senadora Ana Amélia assumiu a presidência da comissão, no começo de 2015. As outras edições foram na Expodireto/Cotrijal, em Não-Me-Toque, em duas oportunidades, em Ijuí, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, na Expointer, em Esteio, e na Abertura da Colheita do Arroz, em Alegrete.

Cooperativismo é tema de audiência durante a Fenasoja em Santa Rosa


Cooperativismo é tema de audiência durante a Fenasoja em Santa Rosa

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Produtores dizem, em debate da CRA, que cooperativismo é alternativa para crise econômica


Mais notícias:

18 de ago
Dia Estadual da Avicultura é celebrado em encontro com parlamentares, produtores e lideranças
A Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav) e o Sindicato da Indústria de Produtos Avícolas do RS (Sipargs) reuniram produtores, parlamentares e lideranças nesta sexta-feira (18) para celebrar os 52 anos da Asgav, o Dia da Avicultura e o Dia do…

17 de ago
Produtores pedem apoio para reduzir tributação de vinhos nacionais
Em Brasília para participar da Vinum Brasilis, maior encontro de vinhos brasileiros fora de Bento Gonçalves, o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Dirceu Scottá, o diretor Carlos Paviani e o presidente da Vinícola Aurora, Itacir Pozza, foram recebidos pela senadora Ana Amélia…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail