Congresso derruba veto ao voto impresso ao lado da urna eletrônica

19/11/2015 - Geral


Senadora Ana Amélia defendeu a derrubada do veto

Congresso derruba veto ao voto impresso ao lado da urna eletrônica

O Congresso Nacional decidiu nesta quarta-feira (18) que os votos deverão ser impressos. Com 368 votos de deputados e 56 de senadores, foi derrubado o veto à parte da reforma política que previa a impressão dos votos. Fica valendo agora o texto tal qual saiu do Parlamento - no processo de votação eletrônica, a urna imprimirá o registro de cada voto, que será depositado em local lacrado, sem  contato manual do eleitor. Ainda segundo aLei 13.165/2015, essa regra deve valer na primeira eleição geral após a aprovação da nova legislação.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) apoiou a derrubada do veto. Ela se manifestou durante a sessão que apreciou o veto e disse que o voto impresso é um desejo da sociedade.

— Essa medida garante mais transparência, segurança e democracia na votação — disse a senadora.

Ana Amélia chegou a apresentar emenda no debate da Reforma Política para instituir o voto impresso ao lado da urna eletrônica. Ela também é autora do projeto de lei (PLS 406/2014), com o mesmo objetivo.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Congresso derruba veto ao voto impresso ao lado da urna eletrônica


Mais notícias:

12 de jan
Lei que prevê ‘critério de simplicidade’ em ações criminais é sancionada
Foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (10)  a Lei 13.603/2018 , que prevê o critério da simplicidade como orientador em ações de natureza criminal. A simplicidade pressupõe que os processos devem reunir materiais…

22/12/2017

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail