Congresso analisa projetos para mudar regras para saídas temporárias de presos

13/08/2018 - Geral


Ana Amélia cobrou aprovação do seu projeto que restringe o benefício

Congresso analisa projetos para mudar regras para saídas temporárias de presos

A morte de três pessoas em um acidente provocado por um preso que usufruía da saída temporária de Dia dos Pais, no último sábado (11), em Brasília, reacendeu a discussão sobre mudanças nas regras para os chamados “saidões”. Ao todo, dez projetos com essa finalidade tramitam no Senado e na Câmara dos Deputados.

A senadora do Rio Grande do Sul, Ana Amélia (Progressistas), é autora do PLS 7/2012. Já aprovado pelo Senado e em análise na Câmara dos Deputados, a proposta estabelece que o benefício só pode ser concedido uma vez por ano ao preso com uma única condenação.

— Se meu projeto de lei para restringir a saída temporária de presos estivesse em vigor essas mortes não teriam acontecido. Quantas pessoas mais terão que morrer para saber que esse sistema não funciona? — questionou.

A parlamentar gaúcha também é relatora do PLS 31/2018, que tramita na Comissão de Constituição e Justiça. Mais rigoroso, o projeto de lei extingue as saídas temporárias de presos ao revogar todos os artigos que tratam do tema na Lei de Execução Penal. Para o senador Ciro Nogueira (Progressistas-PI), autor da proposta, os “saidões” não cumprem o objetivo de contribuir para a ressocialização dos presos e o resultado são casos como o registrado no domingo. 

Foto: Reprodução/TV GLOBO


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

25 de jan
Em vídeo nas redes sociais, Ana Amélia se despede do Senado
A senadora gaúcha Ana Amélia (Progressistas) divulgou vídeo nesta sexta-feira (25) despedindo-se do mandato no Senado Federal. A partir de março a parlamentar assume a Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e Internacionais do Rio Grande do Sul. No vídeo, Ana Amélia mostra o…

23 de jan
Lei que destina recursos a programa de eficiência energética é sancionada
Foi aprovada Lei 13.280/2016, que reserva 20% dos recursos das empresas de energia elétrica destinados à eficiência energética para aplicação no Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). O programa promove a racionalização do consumo, por meio de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail