Comando Militar agradece apoio de parlamentares à aprovação de projeto

19 de out - Geral


Ana Amélia argumentou que militares precisam de segurança jurídica

Comando militar agradece apoio de parlamentares pela aprovação de projeto

Os comandantes do Exército, General Eduardo Villas Bôas, da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, do Estado Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante Ademir Sobrinho, e o comandante interino da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa agradeceram, em almoço, nesta quinta-feira (19), um grupo de parlamentares que atuaram pela aprovação do PLC 44/2016. Sancionada nesta semana, a Lei prevê que militares, em missão para a garantia da Lei e da Ordem, sejam julgados pela Justiça Militar.

Ministro interino da Defesa, o Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato elogiou o discurso da senadora Ana Amélia (PP-RS) na sessão que aprovou o projeto.  A parlamentar gaúcha afirmou que a Lei garante segurança jurídica no exercício de operações convocadas pelas autoridades conforme prevê a Constituição

— Os homens do Exército, que sobem o morro para defender a população, precisam de segurança jurídica para defender a população — disse.

Comando militar agradece apoio de parlamentares pela aprovação de projeto

Comando militar agradece apoio de parlamentares pela aprovação de projeto


Fonte: Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

9 de nov
“Criminosos que destruíram fazenda na Bahia têm que responder pelos 100 desempregados”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) leu nesta quinta-feira (9), no Plenário do Senado, uma carta que recebeu de Rogério Aranibar, funcionário do grupo Igarashi cuja planta, em Correntina, no Oeste da Bahia, foi destruída por criminosos…

8 de nov
Congresso derruba um veto de Temer e mantém outros três
O Congresso rejeitou nesta quarta-feira (8) o veto do presidente Michel Temer a uma lei que convalida incentivos concedidos a empresas pelos governos estaduais. Outros três vetos foram mantidos pelos parlamentares, e cinco serão votados em nova sessão conjunta, marcada para dia 22…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail