Caso de companhia aérea que não virá para o Brasil por causa da corrupção é lembrado na tribuna

22/06/2016 - Geral


Senadora Ana Amélia também afirmou que a crise é resultado da má gestão do governo da presidente afastada

Caso de companhia aérea que não virá para o Brasil por causa da corrupção é lembrado na tribuna

Em discurso na tribuna, nesta quarta-feira (22), a senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou que o cenário em nosso país continua “mostrando resquícios de um processo de corrupção que nos envergonha muito”. A parlamentar lembrou o caso do dirigente de uma grande companhia aérea inglesa, que acaba de chegar na Argentina, e disse que não viria para o Brasil “porque é um país muito corrupto”.

— Isso é vergonhoso! A crise que estamos vivendo é resultado da má gestão do governo da presidente afastada — disse a senadora.

Ana Amélia acrescentou que o que está sendo julgado na Comissão do Impeachment nada mais é do que “a parte corretiva dessa irresponsabilidade, respeitando os dispositivos constitucionais”.

A parlamentar também comentou declarações da ex-ministra do Planejamento e ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior, na Comissão do Impeachment, no dia anterior. Ela disse no seu depoimento que os resultados do segundo semestre de 2015 foram muito piores do que imaginava o governo. Falou também da imprevisibilidade, lembrando fatores como o dólar e o petróleo.

— Isso reflete falta de responsabilidade na gestão pública. O dólar oscila conforme a credibilidade do governo na economia e junto aos agentes econômicos. Os preços do petróleo no País foram congelados no período eleitoral e elevados em 2015, quando o preço do barril, no mercado internacional, despencou, afundando mais a Petrobras — completou a senadora.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Impeachment é parte corretiva à má gestão da presidente afastada, diz Ana Amélia


Mais notícias:

9 de nov
“Criminosos que destruíram fazenda na Bahia têm que responder pelos 100 desempregados”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) leu nesta quinta-feira (9), no Plenário do Senado, uma carta que recebeu de Rogério Aranibar, funcionário do grupo Igarashi cuja planta, em Correntina, no Oeste da Bahia, foi destruída por criminosos…

8 de nov
Congresso derruba um veto de Temer e mantém outros três
O Congresso rejeitou nesta quarta-feira (8) o veto do presidente Michel Temer a uma lei que convalida incentivos concedidos a empresas pelos governos estaduais. Outros três vetos foram mantidos pelos parlamentares, e cinco serão votados em nova sessão conjunta, marcada para dia 22…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail